Atlético-MG pode chegar a R$ 144 mi em premiações na temporada com passagem à final da Copa do Brasil

·1 min de leitura


A classificação à sua terceira final de Copa do Brasil, ao superar o Fortaleza em dois jogos, com duas vitórias ( 4 a 0 e 2 a 1), fez bem ao Atlético-MG não só no campo esportivo, mas também para o cofres do clube, que ficarão ainda mais recheados.

O Galo levou uma premiação de R$ 7 milhões com a vaga na decisão, acumulando R$ 15 milhões durante toda a competição. Como o vice-campeão ganha R$ 23 milhões, o alvinegro já terá garantido pelo menos R$ 38 milhões em premiações na Copa do Brasil. Caso seja o campeão, cujo prêmio é de R$ 56 milhões, o “bolo” vai ser de R$ 71 milhões.

+ Veja a tabela do Brasileirão e simule os resultados dos jogos

Somando-se os resultados financeiros da Copa do Brasil, com o Atlético sendo vice-campeão, mais a Libertadores, quando o Galo foi recompensado com R$ R$ 40 milhões em prêmios até sua eliminação pelo Palmeiras, nas semifinais, o acumulado do ano será de R$ 78 milhões. Em caso de título, a conta fica ainda melhor, com o alvinegro levando para casa R$ 111 milhões. .

Quase 145 milhões no bolso

O Atlético-MG pode ter arrecadação recorde no futebol brasileiro. Vencendo a Copa do Brasil terá R$ 71 milhões no caixa. Se vencer o Campeonato Brasileiro, do qual é líder com 59 pontos, levará mais R$ 33 milhões, que vai dar um total de R$ 144 milhões (juntando o que também já ganhou na Libertadores).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos