Galo não garante renovação de contrato com o goleiro Victor

Valinor Conteúdo
LANCE!


O Atlético-MG pode não renovar o contrato do goleiro Victor, que se encerra no fim de 2020. A afirmação partiu do próprio presidente do clube, Sérgio Sette Câmara.

Para que o “Santo” do Galo continue, haverá uma análise no restante da temporada da diretoria e do técnico Jorge Sampaoli. Outro fator que poderá ou não pesar no “fico” do goleiro é o processo eleitoral que o Galo terá no fim do ano, quando escolherá um novo presidente, ou reelegerá Sette Câmara, que tentará ficar no cargo novamente.

-É uma análise que será feita mais adiante. Nós temos analistas, diretor de futebol, temos uma eleição pela frente. A palavra do treinador, para manter por um ano e meio, no mínimo, vai pesar, claro. Eu não posso te garantir agora que vai acontecer uma renovação-disse o presidente à Rádio Itatiaia. Em seguida fez elogios aos nomes da posição que o Galo possui no momento, focando em Rafael, que veio do Cruzeiro.




- Eu adoro o Victor, mas também fui uma das pessoas responsáveis pela contratação do Rafael. Conversei com ele, havia o temor de trocar o Cruzeiro pelo Atlético, existia uma dificuldade. São dois grandes goleiros. O Atlético está bem servido - complementou.


Victor, de 37 anos, poderá, a partir de junho assinar com outra equipe um pré-contrato sem que o Galo receba algo em troca. Caso não haja a renovação, há a possibilidade de Victor se aposentar, caso ele não fique no Atlético.

Victor está no Galo desde 2012, comprado junto ao Grêmio. Ele se tornou ídolo da torcida atleticana, com 422 jogos e 447 gols sofridos e muitos títulos: foram seis títulos pelo Galo: Libertadores (2013), Recopa Sul-Americana (2014), Copa do Brasil (2014) e Campeonato Mineiro (2013, 2015 e 2017).






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também