Galo goleia o Tupi e retoma a liderança do Campeonato Mineiro

Pressionado pela vitória para recuperar a liderança do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG não vacilou e venceu o Tupi, por 4 a 0, na noite desta segunda-feira, no Independência, em duelo que fechou a sétima rodada do torneio estadual.

O Galo não encontrou dificuldades para abrir vantagem. Logo nos primeiros minutos, a equipe alvinegra se armou com força no ataque e balançou as redes. Mesmo com o resultado favorável, a equipe de Belo Horizonte seguiu forte entre os homens de frente e Robinho conseguiu o segundo gol. Na etapa complementar, o Atlético seguiu melhor e construiu o triunfo.

O Galo volta a campo no próximo fim de semana, contra o Tricordiano, no Farião. Já o Tupi recebe o Democrata de Governador Valares, no duelo dos desesperados, em Juiz de Fora.

Primeiro tempo

O Galo não encontrou dificuldades no início do jogo. A equipe alvinegra, contou com o fator casa, para dominar totalmente a partida. Até achar seu primeiro gol, o Atlético sufocou o time de Juiz de Fora.

E o primeiro gol saiu aos 15 minutos. O meia Robinho lançou para Otero e, na dividida, a redonda pegou no zagueiro Marcel e morreu no fundo das redes. Poucos minutos depois, o próprio camisa 7 atleticano entrou dentro da área, limpou o lance e mandou para ampliar. O detalhe do segundo gol foi a raça de Cazares, que recuperou a bola, levantou a cabeça e colocou Robinho em boas condições.

Mesmo com o resultado favorável, o Galo seguia agressivo, tentando a qualquer custo aumentar a vantagem. Isso, no entanto, tinha o efeito de dar o contra-ataque para o Tupi. Aos 25, a equipe interiorana respondeu, com uma bola na trave.

Segundo tempo

Na volta para a etapa complementar, o Atlético seguiu melhor. O time alvinegro era envolvente, com mais capacidade. O grupo de Roger Machado ia arrastando o Tupi para o campo de defesa, com um time mais solto, que encontrava alguma facilidade na saída de bola.

O meia Cazares também fazia uma boa partida, se mostrando para o jogo e sendo diferente. Aos 16 minutos, o Galo chegou ao seu terceiro gol. Em cobrança de escanteio, Gabriel aproveitou a oportunidade e colocou para dentro.

E mesmo com os três gols, o Galo era melhor. O Tupi não mostrava qualquer força de reação, o meio campo era dominado pelo Atlético que valorizava a posse de bola.

O quarto gol atleticano foi uma pintura. Os jogadores da linha de frente do Galo trocavam passes próximo a área e a bola mascou, mas sobrou para Elias. Ele soltou uma pancada e fez mais um tento.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 4 X 0 TUPI

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)

Data: 13 de março de 2017, segunda

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Felipe Fernandes Lima

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Fernanda Nandrea Gomes Antunes.

Gols:

ATLÉTICO-MG: Marcel (contra), aos 15, Robinho aos 18 minutos do primeiro tempo, Gabriel, aos 16, Elias, aos 39 minutos do segundo tempo (Atlético).

Cartões amarelos: Gabriel (Atlético); Edmário, Bruno Santos (Tupi).

Atlético-MG: Giovanni; Marcos Rocha, Gabriel, Felipe Santana e Fábio Santos; Rafael Carioca e Elias; Cazares, Otero (Luan) e Robinho (Danilo); Fred (Rafael Moura)

Técnico: Roger Machado.

Tupi: Paulo Henrique; Lucas, Elivelton, Edmário e Bruno Santos; Marcel, Bonilha, Bruno Paiva (Dieguinho) e Ruan Teles; Jajá (Marcinho) e Caça-Rato

Técnico: Aílton Ferraz.