Galo consegue quitar mais uma dívida na FIFA, com a Udinese-ITA, pelo lateral Douglas Santos

Valinor  Conteúdo
·1 minuto de leitura


O Atlético-MG conseguiu quitar mais uma dívida na FIFA, aliviando os cofres do clube. O débito com a Udinese-ITA, pela compra do lateral-esquerdo Douglas Santos, está encerrado. A informação é do GE e confirmada pelo L!.

O Galo conseguiu pagar os italianos na última sexta-feira, as duas últimas parcelas que devia ao time de Udine pelo negócio, feito em 2015.

O Galo devia à Udinese 2,8 milhões de euros( R$ 16 829 400,00) em valores atuais), parcelados em cinco vezes de 571 mil euros(R$ 3.431.995,50), mais 100 mil euros (R$ 601 050,00) pelo empréstimo do jogador antes do acordo de compra. O time mineiro pagou três parcelas, mas as duas últimas não foram quitadas, gerando uma cobrança na FIFA.


CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DA SÉRIE A

Campeão olímpico em 2016, nos Jogos do Rio de Janeiro, o Atlético vendeu o lateral ao Hamburgo, da Alemanha, por 7,5 milhões de euros. Tempos depois, Douglas Santos foi para o Zenit, da Rússia.

Além de Douglas Santos, o Galo já havia pago outra dívida com a Udinese em 2020, pela compra do meia Maicosuel. O clube alvinegro pagou 830 mil euros=, encerrando o débito de mais um negócio caro para o Atlético.