Galo celebra 113 anos com obra de futura arena adiantada em relação a cronograma inicial

Fabio Utz
·1 minuto de leitura

Esta quinta-feira, 25 de março, é especial para o Atlético-MG. Afinal, o clube celebra 113 anos de história. Pois o maior presente, aos poucos, vai deixando de ser sonho para se tornar realidade. A Arena MRV, que está sendo erguida em Belo Horizonte, tem cronograma adiantado e 18% da obra executada - a previsão era terminar o primeiro trimestre de 2021 com 16%.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

No dia 20 de abril, será completado um ano desde que se iniciou a construção do estádio. Depois de um período de terraplenagem e colocação das fundações, o empreendimento já toma forma. "Isso foi essencial para que a gente começasse a erguer a estrutura da arena, conforme já conseguimos ver, com os pilares", afirmou Bruno Muzzi, CEO da MRV, ao GE.Globo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A nova casa alvinegra está orçada em R$ 560 milhões. Parte deste montante veio com a venda de 50,1% do Diamond Mall (quase R$ 300 milhões), shopping que era totalmente de propriedade do clube. Além disso, houve a comercialização dos naming rights por R$ 60 milhões, e existe a previsão de faturamento de R$ 220 milhões com a venda de 80 camarotes e 4.500 cadeiras cativas. A previsão é de que a arena seja inaugurada em outubro de 2022.

Para mais notícias do Atlético Mineiro, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.