Gallardo faz pedida nas alturas e fica longe do Flamengo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Gallardo acaba de ganhar o Campeonato Argentino (Rodrigo Valle/Getty Images)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Marcelo Arañita Gallardo
    Futebolista argentino
  • Renato Gaúcho
    Futebolista brasileiro

Plano A da diretoria do Flamengo após a saída de Renato Gaúcho, Marcelo Gallardo está praticamente descartado. Tudo porque a diretoria rubro-negra se assustou com a pedida do argentino - valores e condições para um possível acordo foram entendidas como irreais.

Cumprindo os últimos dias de seu contrato com o River Plate, ele exigiu do Flamengo um salário de US$ 5 milhões ou R$ 28,5 milhões, livres de impostos, por ano. Ou seja, embolsaria cerca de R$ 2,4 milhões por mês e custaria ao Fla mais de R$ 3 milhões a cada 30 dias, com toda a tributação. 

Leia também:

Importante: tais cifras seriam apenas para ele. Ainda restaria bancar toda a grande comissão técnica com a qual ele pretende continuar trabalhando. 

Dono de 13 títulos pelo River Plate, Gallardo também cobrou um contrato com duração mínima de três temporadas. Em caso de demissão, caberia ao Flamengo bancar num período máximo de 30 dias todo o dinheiro referente ao tempo restante do vínculo.

Gallardo está convencido de que aparecerão propostas boas da Europa, o que lhe permite jogar duro com clubes na América do Sul. Nos últimos meses, seu nome chegou a ser até especulado no Barcelona, que fechou há poucos dias com Xavi. 

Na Argentina, também especulam que Gallardo é uma alternativa para o PSG em caso de demissão de Maurício Pochettino.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos