Galiotte promete tempo a Eduardo e sonha repetir título de 1999

O Palmeiras estreia na Copa Libertadores diante do Atlético Tucumán às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, no Estádio Monumental José Fierro. Com o sonho de repetir o título continental alcançado pelo clube em 1999, o presidente Maurício Galiotte prometeu tempo ao técnico Eduardo Baptista.

“A primeira partida é sempre um momento de grande expectativa e ansiedade. Nós planejamos esse ano para grandes desafios e a Libertadores é um grande objetivo do Palmeiras. O grupo está pronto e nossa expectativa é muito positiva para que tenhamos um bom jogo”, afirmou Galiotte à ESPN Brasil.

O Palmeiras conquistou seu único título da Copa Libertadores na temporada há 18 anos. Questionado sobre o feito, Galiotte citou os triunfos sobre Vasco (oitavas de final) e River Plate (semifinal) como os mais marcantes, além da vitória nos pênaltis sobre o Deportivo Cali na decisão.

“Tenho ótimas recordações de 1999 e esses dois jogos me marcaram muito. Nosso objetivo é repetir aquele feito. Sabemos de todas as dificuldades, o desafio é muito grande. Mas planejamos e montamos esse grupo com esse objetivo”, declarou Galiotte.

A missão de comandar o Palmeiras na tentativa de conquistar o título continental é de Eduardo Baptista. Contratado para suceder Cuca, que decidiu deixar o time após o título brasileiro, o novo treinador vem convivendo com intensa pressão no começo de seu trabalho.

“O período de adaptação do Eduardo é natural. Para ter resultado em qualquer área, nós precisamos de tempo. A gente precisa dar tempo ao tempo, fazer com que ele tenha condições de trabalhar tranquilamente e é isso que vai acontecer”, disse Galiotte, garantindo o técnico até a estreia no Brasileiro, independentemente dos resultados.

“O Eduardo Baptista estará conosco, sim. Sou capaz de afirmar. Não tenho problema nenhum. Ele precisa de tempo para trabalhar e tem total confiança da diretoria. Óbvio que a torcida em alguns momentos fica ansiosa, mas precisamos de calma”, declarou o dirigente.