Galeria L! mostra os maiores zagueiros-artilheiros do Vasco

Rodrigo é bem mais do que o jogador que impediu que o Vasco saísse do Estádio Nilton Santos derrotado pelo Boavista. Além de ter marcado o gol do empate, em 2 a 2, o jogador passou a liderar a lista dos maiores zagueiros-artilheiros do Cruz Maltino.

Empatado com Dedé, que atualmente defende o Cruzeiro, Rodrigo alcançou a marca expressiva em 169 partidas pelo Vasco. No time desde 2014, o zagueiro tem contrato até 31 de dezembro de 2017. Veja lista dos jogadores que ocupam as dez posições do ranking a partir de 1954.


1º Rodrigo - 19 gols



O zagueiro, que chegou ao Vasco em 2014 e tem vínculo com o clube até 31 de dezembro deste ano, atuou em 169 partidas com a camisa cruz-maltina. No Gigante da Colina, Rodrigo conquistou os títulos de 2015 e 2016 do Campeonato Carioca e a Taça Guanabara de 2016, além de três prêmios individuais como melhor zagueiro do Estadual.


2º Dedé - 19 gols



Atualmente no Cruzeiro, Dedé não está mais sozinho na posição principal dos maiores zagueiros artilheiros do Vasco. O jogador, que defendeu o Cruz Maltino durante quatro anos, alcançou a marca em 160 partidas.


3º Odvan - 13 gols



O zagueiro foi parte do Vasco durante cinco anos, entre 1997 e 2001. Pelo clube, Odvan consquistou os principais títulos de sua carreira, incluindo os Campeonatos Brasileiros de 1997 e 2000 e a Libertadores de 1998. Os 13 gols que o torna o terceiro maior zagueiro artilheiro do Vasco, desde 54, foram marcados entre as 273 partidas em que atuou.


4º Jorge Luiz - 13 gols


Jorge Luiz esteve no Vasco entre 1990-1994 e participou de conquistas como a do Campeonato Carioca de 92, 93 e 94. No Cruz Maltino, o ex-zagueiro alcançou sua maior marca de gols da carreira.


5º Luan - 12 gols


Cria da base vascaína, Luan defende o clube como profissional há cinco anos. Seu destaque no time, lhe rendeu convocações para as bases da Seleção Brasileira, além da atuação na campanha do inédito ouro olímpico durante os Jogos Rio-2016. Os 12 gols de Luan são resultado das 166 partidas que disputou até hoje com a camisa cruz-maltina.


6º Tinho - 12 gols


Também formado na base do clube carioca, Wellington Feitosa Queiroz esteve entre os profissionais do Vasco entre 1991 e 1998, tendo levantado a taça de campeão brasileiro em 1997. Sua passagem por outros clubes não foi tão duradoura, e o zagueiro, hoje aposentado, alcançou a marca de 12 gols apenas no Vasco da Gama.


7º Mauro Galvão - 12 gols


Campeão brasileiro pelo Internacional, Grêmio e Vasco, o ex-zagueiro defendeu o Cruz Maltino entre 1997 e 2000. Durante sua passagem pelo clube de São Januário, Mauro Galvão marcou 12 gols e foi capitão da equipe onde conquistou a única Libertadores de sua carreira, em 1998.


8º Abel Braga - 11 gols


Considerado o principal componente do Fluminense em 2017, o atual técnico Abel Braga já teve sua história no Vasco. Quando zagueiro, Abel atuou no Cruz Maltino durante três anos e fez 11 gols, marca não alcançada em nenhum dos outros clubes por onde passou. Em 1977, Abel conquistou o Campeonato Carioca e a Taça Guanabara.


9º Brito - 10 gols


O ex-zagueiro é lembrado por ter sido o melhor atleta da Copa do Mundo de 1970. No Vasco, seu time de coração, Brito atuou durante 10 anos e, em média, marcou um gol para cada ano de clube. Hércules Brito também é lembrado por polêmicas. Em 1971, em clássico entre Botafogo e Vasco, o zagueiro deu um soco no árbitro José Aldo Pereira, após marcação de um pênalti contra o alvinegro e levou um ano de suspensão, pena mais tarde reduzida para seis meses.


10º Rafael Vaz - 10 gols


Atualmente no Flamengo, Rafael Vaz chegou ao Vasco como substituto de Dedé e defendeu o time durante três anos (2013-16). Logo em sua estreia, na partida contra o Internacional, quando o Vasco foi derrotado por 5 a 3, o zagueiro marcou seu primeiro gol. Pelo Cruz Maltino, Rafael foi campeão carioca em 2016.




























E MAIS: