Gal Gadot é criticada por posicionamento em conflito entre Israel e Palestina

·3 minuto de leitura
Photo by: Dennis Van Tine/STAR MAX/IPx 2021 5/11/21 Gal Gadot says Joss Whedon threatened her career while on the set of 'Justice League'. STAR MAX File Photo: 1/9/18 Gal Gadot at The National Board of Review Annual Awards Gala (NBR) in New York City.
Gal Gadot (Photo by: Dennis Van Tine/STAR MAX/IPx 2021 5/11/21)

Resumo da notícia:

  • Gal Gadot escreveu uma mensagem sobre os conflitos recentes entre Israel e Palestina nas redes sociais

  • Dizendo "oras pelas vítimas", a atriz se referiu aos palestinos somente como "nossos vizinhos"

  • Alvo de críticas, a atriz não permitiu comentários da publicação

Gal Gadot foi criticada após se posicionar publicamente sobre o conflito entre Israel e Palestina nas redes sociais. Dizendo se preocupar com o seu povo, a atriz israelense disse que ora pelas vítimas, mas acabou causando má impressão ao nunca escrever "Palestina" ou "palestinos" em seu texto de pesar.

"Meu coração está partido. Meu país está em guerra. Eu me preocupo com minha família, meus amigos. Eu preocupo meu povo. Este é um ciclo vicioso que já dura há muito tempo. Israel merece viver como uma nação livre e segura, nossos vizinhos merecem o mesmo", escreveu ela.

Leia também:

"Oro pelas vítimas e suas famílias, oro para que essa hostilidade inimaginável termine, oro para que nossos líderes encontrem a solução para que possamos viver lado a lado em paz. Eu oro por dias melhores", completou a intérprete de Mulher-Maravilha nos cinemas, recebendo muitas críticas.

"A Gal Gadot se referindo à palestina como "vizinhos", disse o youtuber Thiago Guimarães, do canal do Youtube Ora Thiago. "No textão que ela fez e publicou tá nítida a tentativa de construir uma posição neutra, mas sem nem usar a palavra Palestina. Chama de "vizinhos". Triste e revoltante", escreveu também Christian Gonzatti, doutorando em Ciências da Comunicação.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Os conflitos crescentes entre Israel e Palestina

Jerusalém tem sido palco de uma série de conflitos entre israelenses e palestinos nos últimos dias. O estopim para a crise foi a ameaça de despejo de famílias palestinas do bairro Sheikh Jarrah, após a Justiça dizer que judeus têm direito ao terreno. Além disso, centenas de palestinos foram feridos após serem impedidos de na Esplanada das Mesquitas no dia do iftar (7), refeição que rompe o jejum do Ramadã.

Na noite desta terça (11) o grupo islâmico Hamas, considerado terrorista por Israel que controla a Faixa de Gaza, disse ter disparado mais de 130 foguetes em direção à cidade israelense de Tel Aviv. O ataque teria sido uma reação a um ataque aéreo perpetrado por Israel que, segundo as autoridades locais, destruiu uma torre residencial palestina.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos