Gabriele Siqueira, medalhista de ouro no Taekwondo, é recebida com desfile e homenagens em Itaboraí

·3 minuto de leitura


Após garantir a medalha de ouro no Pan-Americano de Taekwondo (+73kg), realizado em Cancún, no México, a atleta Gabriele Siqueira retornou a Itaboraí, na manhã desta quarta-feira. Na chegada ao município em que mora e treina há quase uma década, a campeã foi recebida com o carinho da população itaboraiense durante um desfile em veículo aberto pelas ruas da cidade, além de ser homenageada na sede da Prefeitura, no Centro.

> Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Ao lado do técnico Diego Ribeiro, que é responsável pelo treinamento da Seleção Brasileira de Taekwondo, a atleta foi recepcionada por um veículo do Corpo de Bombeiros, que percorreu a Avenida 22 de Maio, principal via da cidade. O trajeto começou na altura de Santo Expedito e terminou na sede da Prefeitura, na Praça Marechal Floriano Peixoto.

Após sentir o carinho da população itaboraiense pelas ruas, a atleta recebeu uma placa de homenagem entregue pelas mãos da primeira-dama do município, Pâmela Delaroli, representando o prefeito Marcelo Delaroli. A Banda Municipal Visconde de Itaborahy também participou da cerimônia, tocando o famoso 'Tema da Vitória', além dos hinos do município e do Exército Brasileiro, uma vez que Gabriele é 3° sargento da Comissão de Desportos do Exército (CDE).

- Estou muito feliz com essa conquista, porque é muito importante para a minha carreira. Não foi de um dia para o outro. Estou aqui em Itaboraí há anos treinando e batalhando muito para isso. Essa cidade me acolheu desde que cheguei e tem sido muito importante na minha vida. Não esperava tanto carinho, fiquei muito feliz. Só tenho a agradecer por tudo - afirmou a atleta.

> Veja os estádios da Eurocopa e qual a capacidade liberada para o público

Além do treinador, a equipe técnica e os colegas de treino da campeã também acompanharam a cerimônia. Natural de Marília, em São Paulo, Gabriele Siqueira treina no distrito de Porto das Caixas, onde o técnico Diego Ribeiro possui um projeto social que possibilita a inserção de jovens na modalidade. O secretário municipal de Esporte e Lazer, Lenon Coutinho, destacou que mais importante do que a conquista da medalha, é o exemplo que a atleta se torna para as futuras gerações.

- A maior medalha que ela traz para Itaboraí é a formação de cada vez mais cidadãos de bem através do esporte. Como itaboraiense, esse ato de hoje é de gratidão, estamos agradecendo por tudo que esses vencedores fazem pela nossa cidade. Sabemos da importância de valorizar todas as modalidades e o que o esporte pode proporcionar aos nossos jovens" -enfatizou o secretário.

> Confira a tabela da Série A do Brasileirão

O técnico Diego Ribeiro ressaltou ainda que a estadia no México proporcionou uma 'dobradinha' de medalhas. Além do título no Pan-Americano, a atleta também ficou em primeiro lugar no Open do México de Taekwondo 2021, competição internacional importante da modalidade.

- Todos esses títulos inéditos consagram a atleta que ela é. Mudou de estado para morar aqui em Itaboraí e desde então está batalhando por esse reconhecimento. Lá no México, ela ganhou duas adversárias difíceis, que inclusive estão classificadas para os próximos Jogos Olímpicos e são as primeiras colocadas no ranking mundial. Foi uma dobradinha internacional muito importante - explicou o treinador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos