Gabriel Neves comenta tradição uruguaia no São Paulo: 'Tomara que eu alcance o nível'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Na última segunda-feira (30), o São Paulo anunciou a contratação do volante Gabriel Neves. Nascido em Maldonado, no Uruguai, o atleta é o 18º jogador da história são-paulina natural do país vizinho.

O novo camisa 15 do São Paulo falou sobre essa tradição uruguaia no clube, que já contou com grandes jogadores como Pedro Rocha, Forlán, Darío Pereyra e Diego Lugano. O volante de 24 anos espera ao menos chegar perto do que seus compatriotas fizeram no Tricolor.

- Tenho consciência da boa imagem que os uruguaios deixaram aqui e espero poder ajudar da minha maneira. Tomara que eu alcance o nível que outros uruguaios alcançaram. Estou muito motivado e é bom que meus compatriotas tenham ido bem aqui - disse Gabriel Neves à 'SPFCTV'.

Você lembra? Veja o elenco do São Paulo na primeira passagem de Calleri pelo clube

>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Neves está no Brasil desde a última segunda-feira. Ele deve realizar o primeiro treinamento junto com o elenco nesta quarta. Vale lembrar que o São Paulo tem mais 12 dias de preparação antes de voltar a campo, em duelo contra o Fluminense, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro.

O jogador também deve ser apresentado nesta semana como novo volante do São Paulo. Ele receberá a camisa 15, que era do ídolo Hernanes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos