Gabriel Jesus visita Seleção, evita dar palpite e agradece apoio de Tite

Na véspera da partida contra o Paraguai, válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, Gabriel Jesus e Lucas Lima visitaram a concentração da Seleção Brasileira em São Paulo. O jogador do Manchester City esteve nas últimas três convocações de Tite, enquanto o meia santista vinha sendo convocado constantemente pelo técnico do Brasil.

Como lesionou o pé durante partida do Campeonato Inglês, defendendo os Citizens, Jesus virou desfalque para os dois primeiros jogos das Eliminatórias Sul-Americanas, mas fez questão de encontrar os seus companheiros de Seleção. Em entrevista ao Sportv, o camisa 9 agradeceu o apoio dos seus colegas e de Tite durante um dos momentos mais difíceis de sua carreira.

“A vontade era de ter vindo antes, mas por falta de tempo não deu. Mas hoje eu vim, abriu um espaço de tempo e vim”, afirmou o ex-jogador do Palmeiras. “Estou contente por todos terem me recebido muito bem. O professor Tite que me mandou mensagem desde que me machuquei, perguntando como eu estou. Estou muito contente de ter o apoio dele, do (coordenador técnico) Edu Gaspar e de todos. E vim aqui dar apoio para que eles possam fazer mais um belo jogo amanhã”.

Leia mais:

Após se desculpar com santistas, Tite controla emoções em Itaquera

Arce não revela escalação, mas promete time rápido contra o Brasil

Itaquera pode ter maior público pós-Copa: 44 mil ingressos vendidos

O jogador de 19 anos, que estará na Arena Corinthians para ver o jogo contra o Paraguai, na terça-feira, também evitou arriscar o placar da partida, mas irá torcer para o Brasil. “Eu vou torcer muito para que a gente saia com a vitória. Eu não sou muito bom de palpite, então é melhor eu não dar palpite”, disse o jovem atacante rindo. “Então ou torcer muito pela vitória”.

Além disso, Gabriel Jesus falou de sua recuperação da lesão no pé, que será feita junto ao Palmeiras. “Ainda não, queria ter a previsão para voltar, mas tomara que eu volte o quanto antes”, declarou.