Gabriel Jesus dá um lembrete do seu valor para Pep Guardiola

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Jack Grealish celebra gol com Gabriel Jesus
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

MANCHESTER (Reuters) - Jack Grealish pode ter roubado as manchetes com seu primeiro gol pelo Manchester City desde que foi contratado por 100 milhões de libras do Aston Villa, mas Gabriel Jesus deu um lembrete oportuno do que pode oferecer ao técnico Pep Guardiola.

O brasileiro foi escalado pelo lado direito por Guardiola na vitória por 5 a 0 sobre o Norwich, pelo Campeonato Inglês, neste sábado, e teve uma atuação de melhor em campo com três assistências.

Gabriel Jesus, contratado em 2017, foi marginalizado na temporada passada e tem havido rumores sobre uma possível saída do Manchester City.

Mas, escalado por Guardiola neste sábado, causou o caos à defesa do Norwich que simplesmente não conseguia se aproximar dele.

Seu cruzamento rasteiro no sétimo minuto levou à tentativa de corte de Grant Hanley que acertou o goleiro Tim Krul e gerou um gol contra e, aos 22, ele assistiu o primeiro gol de Grealish pelo City.

Jesus, então, entregou de bandeja para Raheem Sterling marcar o quarto no segundo tempo.

"Ele é um jogador que gosta de jogar mais aberto do que centralizado", disse Guardiola, cujo time atual campeão inglês se recuperou da derrota na primeira rodada para o Tottenham.

"Uma das razões pelas quais eu sou treinador é para poder trabalhar com pessoas e humanos como Gabriel."

"Ele nunca reclama. Se ele joga cinco minutos, ele joga os melhores cinco minutos que puder."

Com Grealish pela esquerda e Jesus pela direita, Ferrán Torres como centroavante, além de Bernardo Silva e Rodri, o City dominou a partir do primeiro minuto.

Com Sterling e Riyad Mahrez saindo do banco, e Kevin De Bruyne fora da partida, foi uma ilustração perfeita do profundo arsenal ofensivo do City, mesmo se eles acabarem não contratando Harry Kane.

E com Jesus mostrando que ainda pode ter um bom papel, não espanta que Guardiola parecia contente ao fim do jogo.

"Ele fica feliz jogando pela esquerda, pela direita ou pelo meio, e hoje a conexão com Kyle (Walker) foi excepcional", disse Guardiola, sobre Jesus. "Estou satisfeito com seu desempenho. Ele esteve envolvido em três dos nossos gols e foi um jogador incrivelmente importante para nós."

"Quando alguém joga assim, merece jogar."

(Reportagem de Martyn Herman)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos