Gabriel Jesus: “Aguero não é mais jovem como eu e minha hora chegou”

Gabriel Jesus vem jogando mais e marcando gols na ausência de Aguero (Foto: Divulgação)
Gabriel Jesus vem jogando mais e marcando gols na ausência de Aguero (Foto: Divulgação)


Em entrevista ao “The Sun”, Gabriel Jesus se mostrou confiante com o seu atual momento no Manchester City. Neste mês de dezembro, em seis jogos, o atacante brasileiro marcou seis gols e vem se mostrando uma peça valiosa no plantel de Guardiola no momento em que o argentino Sergio Aguero se recupera de lesão e não tem estado atuando. O jovem de 22 anos acredita que o momento no clube é dele.

O atual momento de Jesus faz com que o atleta esteja confiante e espera ter mais oportunidades na equipe titular, mesmo com a volta de Aguero se aproximando.

- Eu quero jogar todo jogo, mas sei que a realidade não é essa. Nós temos muitos jogadores de alto nível. Mas eu sei que Aguero não é mais jovem como eu e acredito que minha hora chegou. Esse é meu momento. Eu só quero jogar futebol e melhorar, isso é o que me faz feliz.




Gabriel Jesus ressalta que, no entanto, a relação dele com o argentino é a melhor possível e o brasileiro só tem elogios a fazer ao companheiro de clube.

- Aguero é uma lenda, maior artilheiro do clube, excelente pessoa. Eu sei que ele pode fazer gols todo jogo, pela experiência e qualidade. E toda vez que ele joga, eu torço para ele marcar, então eu espero minha oportunidade.

O jogador também falou de sua trajetória desde quando chegou ao City do Palmeiras e era um desconhecido para a torcida.

- Na primeira temporada que eu cheguei, eu joguei bastante. Eu só queria jogar, jogar e jogar. Mas depois daquele ano, às vezes era ele (Aguero) e não eu.

O brasileiro talvez esteja vivendo o seu melhor momento desde que chegou à terra da rainha e neste final de ano levará toda a família para passar o Natal junto dele. Jesus, que só jogará no dia 27 contra o Wolverhampton, terá tempo para curtir as festividades com sua mãe, irmãos, sobrinhos, amigos e namorada, o que, segundo o atleta, só tem ajudado na permanência dele na Inglaterra.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também