Gabriel irrita torcida do São Paulo ao fazer gesto obsceno e pede desculpas

Timão usou as redes sociais para provocar o rival; última vez que isso havia acontecido foi em 2013

Os jogadores do Corinthians deixaram o Morumbi celebrando bastante o empate em 1 a 1 com o São Paulo, neste domingo (24), no Morumbi, pela 25º rodada do Campeonato Brasileiro.

A comemoração do volante Gabriel no gol de Clayson, aliás, acabou se tornando assunto. O jogador, que havia sido substituído exatamente pra entrada do atacante, segurou o órgão genital e apontou para a torcida do Tricolor. Mais tarde, na zona mista, ele pediu desculpas.

“No calor do jogo, na emoção, a gente nem sabe o que acontece. Mas a gente acabou comemorando o gol perto da torcida do São Paulo, claro, pela nossa torcida não estar no estádio. A torcida estava nos ofendendo bastante, acabei retribuindo o gesto, mas peço desculpas pelo gesto. Isso não é maior do que o o jogo, que foi um grande jogo, que não a vitória, mas conseguimos empate. Peço desculpas e agora semana que vem tem mais, esfriar a cabeça e pensar no Cruzeiro agora”, afirmou.

“Torcida xingou bastante ali na hora do gol, até entendo situação deles, isso acontece, acabei retribuindo o gesto. Peço desculpas se ofendi a pessoa que fez isso ou outros torcedores que se doeram junto, mas isso não chega nem perto do que foi o jogo”, completou.

Por conta dessa atitude, Gabriel pode ser julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), caso a procuradoria do órgão entenda o caso como “provocação ao público”.