Gabriel Constantino e Rafael Pereira não se classificam à final dos 110m com barreiras

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Os brasileiros Gabriel Constantino e Rafael Pereira não conseguiram avançar à final da prova dos 110m com barreiras, nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ambos não tiveram tempos suficientes para classificação. O primeiro foi o oitavo colocado em sua bateria, com tempo de 13s89. Já o segundo ficou em sexto com 13s62 em sua sessão.


+ Lembra de todas? Confira as medalhas do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio


Apesar das eliminações, Gabriel e Rafael mostraram felicidade por terem disputado as semifinais das Olimpíadas Tóquio-2020.

- A coxa esquerda [sobre uma lesão]. Eu conversei com o treinador e a parte médica do COB. Mas nada ia me impedir de vir aqui competir. Hoje, eu sou semifinalista olímpico representando o Brasil - disse Gabriel Constantino ao SporTV.

- Eu não gostei do tempo, foi o meu pior da temporada. Mas não tira nem um pouco a minha felicidade de estar aqui aqui. Especialmente correndo do lado dos caras. Caras que eu via só na internet e agora sou adversário. Estou 1000% feliz - afirmou Rafael Pereira.

+ Vem recorde? Veja os fortes candidatos a medalha para o Brasil na segunda metade dos Jogos Olímpicos


Veja abaixo o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos