Gabigol se torna um dos 40 maiores artilheiros da história do Flamengo

André Schmidt
·1 minuto de leitura


Entra temporada, sai temporada, e uma coisa não muda no futebol brasileiro: quase sempre tem gol do Gabigol. O que já era comum no Santos, ficou ainda mais forte desde a ida do camisa 9 para o Flamengo. A média de bolas na rede, que na época do Peixe foi de 0,4 por jogo, na Gávea já está em 0,68. E não para de crescer.

Nesta quarta-feira, contra o Bangu, o atacante fechou o placar na vitória rubro-negra por 3 a 0 e chegou a 71 tentos pelo clube, se tornando o 40º jogador com mais gols na história do Flamengo. Gabriel Barbosa deixou para trás Silva, centroavante que teve duas passagens pela equipe na década de 60, totalizando 70 gols em 132 jogos - 0,53 de média.

Gabigol agora precisa estufar as redes apenas mais 13 vezes para empatar com Rubens - o Dóutor Rúbis, meia direita dos anos 50 -, na 30ª colocação, e mais 27 para chegar até Gaúcho, o 20º. A média de Gabriel em seus dois primeiros anos no Flamengo foi de 35 gols por temporada.

MAIORES ARTILHEIROS DA HISTÓRIA DO FLAMENGO
- Fonte Flapédia

1º - Zico - 508 gols
2º - Dida - 264 gols
3º - Henrique - 216 gols
4º - Pirilo - 204 gols
Romário - 204 gols
6º - Jarbas - 154 gols
7º - Leônidas da Silva - 153 gols
8º - Bebeto - 151 gols
9º - Zizinho - 146 gols
10º - índio - 142 gols
.
20º - Gaúcho - 98 gols
.
30º - Rubens - 84 gols
.
40º - Gabigol - 71 gols