Gabigol se torna o 12º maior artilheiro da era dos pontos corridos

André Schmidt
·1 minuto de leitura


Gabriel Barbosa subiu mais um degrau no ranking de artilheiros recentes do Campeonato Brasileiro. Goleador máximo das duas últimas edições - em 2018, pelo Santos, e em 2019, já no Flamengo -, o atacante rubro-negro anotou nesta segunda-feira, contra o Goiás, o seu 8º gol neste Brasileirão, o 75º na competição desde que se tornou profissional, em 2013, no Peixe. Agora, já é o 12º jogador com mais gols na era dos pontos corridos, iniciada em 2003.

Com o tento anotado sobre o Esmeraldino, na vitória carioca por 3 a 0, Gabigol empatou no ranking com André Lima, experiente centroavante de 35 anos que em 2020 defendeu o Austin Bold, dos Estados Unidos. Gabriel, no entanto, precisou de apenas 163 atuações para atingir a marca de 75 bolas na rede, enquanto que o ex-botafoguense jogou 248 partidas.

Com apenas 24 anos de idade e uma média de quase um gol a cada dois jogos, é bem provável que Gabigol figure em breve no top 10. Faltam apenas sete tentos para o camisa 9 igualar a marca de Washington, o Coração Valente, que hoje ocupa a 10ª colocação.

MAIORES ARTILHEIROS DO BRASILEIRÃO POR PONTOS CORRIDOS

1º - Fred - 150 gols
2º - Diego Souza - 116 gols
3º - Paulo Baier - 106 gols
4º - Alecsandro - 102 gols
​5º - Wellington Paulista - 101 gols
6º - Borges - 99 gols
7º - Rafael Moura - 92 gols
8º - Luís Fabiano - 85 gols
9º - Roger - 83 gols
10º - Washington - 82 gols
11º - Souza - 77 gols
12º - Gabigol - 75 gols
André Lima - 75 gols
14º - Obina - 74 gols
Deivid - 74 gols