Gabigol recusa proposta de renovação do Fla e pede mais, diz jornal italiano

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
GO - Goiania - 31/10/2019 - Brasileiro A 2019, Goias x Flamengo - Gabigol jogador do Flamengo durante partida contra o Goias no estadio Serra Dourada pelo campeonato Brasileiro A 2019. Foto: Heber Gomes/AGIF
Gabigol pede € 6 milhões anuais para renovar com o Flamengo (Heber Gomes/AGIF)

O Flamengo precisará abrir ainda mais os cofres se quiser manter o atacante Gabriel Barbosa, na Gávea. De acordo com o jornal Gazzetta dello Sport, da Itália, o camisa 9 recusou a proposta de renovação de contrato do clube carioca de € 4 milhões anuais (cerca de R$ 18 milhões) e fez uma contraproposta de € 6 milhões (cerca de R$ 28 milhões). O jogador e o Rubro-Negro seguem negociando, mas o desfecho do caso só deverá acontecer após o Mundial de Clubes.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Além de negociar a renovação de contrato com o atacante, o Flamengo precisará fazer valer o acordo feito com a Inter, pela compra dos diretos econômicos. O clube carioca diz ter tudo acertado com a equipe de Milão, porém, a imprensa italiana coloca que, com a valorização de Gabriel, o valor sairá maior para os rubro-negros.

No acordo feito entre Flamengo e Inter de Milão, o clube carioca pagaria cerca de € 20 milhões (cerca de R$ 93 milhões) para a Inter por 80% dos direitos econômicos do jogador. A pedida, porém, pode chegar até € 40 milhões (R$ 186 milhões), caso outras equipes estrangeiras mostrem interesse em Gabigol.

Leia também:

Emprestado até o fim de 2019, Gabriel Barbosa disputou, até momento, 54 partidas pelo Flamengo e fez 40 gols. Neste ano, com o camisa 9, o Rubro-Negro conquistou o Campeonato Carioca, o Campeonato Brasileiro e a Taça Libertadores.

Veja mais de Marcelo Guimarães no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos