Gabigol, do Flamengo, revela que forçou terceiro cartão amarelo: 'Tinha que tomar'

Gabigol levou o cartão amarelo depois do fim da partida ao falar com o árbitro (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)


Flamengo e Internacional empataram em 0 a 0 no Maracanã, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após a partida, Gabigol levou um cartão amarelo ao reclamar com o árbitro depois do apito final e protagonizou uma cena inusitada. Em entrevista, ele revelou que forçou o cartão para não jogar no próximo confronto, contra o Cuiabá.

Ainda em campo, Gabi mostrou irritação com a arbitragem e explicou a situação do terceiro cartão amarelo. Após confusão, ficou claro que ele estava pendurado e, por isso, estará suspenso. O atacante ainda exaltou a atuação da equipe no Maracanã.

+ Copa do Brasil: Flamengo divulga informações sobre ingressos para jogo com o Corinthians em São Paulo


- Eu tinha que tomar o cartão, né? Não vou jogar o próximo jogo, então eu tinha que tomar o terceiro amarelo. Amassamos eles, faltou o gol - disse Gabriel Barbosa à "TV Globo".

A estratégia de Gabigol mostra o planejamento do Flamengo para a próxima partida, diante do Cuiabá. Pela fala do atacante, Dorival Júnior deve poupar diversos titulares, já que é o último confronto antes da final da Copa do Brasil.

+ ATUAÇÕES: Rodinei destoa em empate do Flamengo com o Internacional; veja as notas

O Flamengo enfrenta o Cuiabá neste sábado, às 19h (de Brasília), na Arena Pantanal. Já na quarta, o Rubro-Negro inicia a caminhada na decisão da Copa do Brasil, diante do Corinthians, na Neo Química Arena.