Gabigol e Bruno Henrique: nunca uma dupla foi tão artilheira no Brasileirão

Após o título brasileiro e da Libertadores, Gabigol e Bruno Henrique podem ter mais tranquilidade nas últimas rodadas do Brasileirão para uma disputa entre eles: quem terminará em primeiro como artilheiro do campeonato nacional? Mas mesmo assim, a dupla já fez história: nunca dois jogadores de uma mesma equipe passaram dos 20 gols em uma mesma edição de Campeonato Brasileiro.

Contando somente as edições de pontos corridos com 20 equipes (desde 2006), esta é a primeira vez que uma dupla consegue superar os 40 gols somados. Gabigol marcou 22 gols em 26 jogos, enquanto que Bruno Henrique tem 21 gols em 31 partidas. Faltando ainda três rodadas para o fim do campeonato, os atacantes do Flamengo já balançaram as redes 41 vezes.

Gabigol Bruno Henrique Flamengo Grêmio Copa Libertadores 23102019
Gabigol Bruno Henrique Flamengo Grêmio Copa Libertadores 23102019
Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

No ano, os números de Gabigol e Bruno Henrique são ainda mais impressionantes. O camisa 9 já tem 40 gols em 2019 e o camisa 27, depois do hat trick contra o Ceará, chegou aos 31 tentos na temporada.

Comparando Gabigol e Bruno Henrique com os demais times da Série A, vemos que eles tem mais gols que mais da metade dos times: Avaí (16), CSA (21), Cruzeiro (27), Chapecoense (27), Botafogo (30), Ceará (34), Fluminense (34), São Paulo (34), Vasco (36), Corinthians (39), Atlético-MG (40), Bahia (40) e Internacional (40). Além disso, o Goiás tem os mesmo 41 gols da dupla do Flamengo.

A dupla que mais se aproximou dos flamenguistas foi Borges e Neymar com 36 gols, em 2011. O primeiro teve 23 gols naquele Brasileirão, enquanto que o camisa 10 do PSG marcou 13 vezes.

Borges Santos 13 05 2017
Borges Santos 13 05 2017

Se emplacar dois jogadores tão artilheiros assim no mesmo ano já é difícil, fazer isso e ganhar o Brasileiro no mesmo é ainda mais. Tanto que isso aconteceu somente cinco vezes: Flamengo (2009 e 2019), São Paulo (2008), Cruzeiro (2014) e Corinthians (2015).

Na primeira edição com 20 times, em 2006, um trio de jogadores do mesmo time coseguiu chegar aos 40 gols. Schwenck (14), Cícero (13) e Soares (13) fizeram 40 dos 52 gols do Figueirense naquele ano, colocando o time na sétima colocação do Brasileiro.

Confira a lista das duplas artilheiras pelo mesmo time no Brasileirão:

2019: Gabigol (22) e Bruno Henrique (21) = 43 gols - Flamengo (campeão)
2018: Gabigol (18) + Rodrygo (8) = 26 gols - Santos
2017: André (16) + Diego Souza (11) = 26 gols - Sport
2016: Fred (14) + Robinho (12) = 26 gols - Atlético-MG
2015: Vagner Love (14) + Jadson (13) = 27 gols - Corinthians (campeão)
2014: Moreno (15) + Goulart (15) = 30 gols - Cruzeiro (campeão)
2013: Dinei (16) + Biancucchi (11) = 27 gols - Vitória
2012: Bernard (11) + Jô (10) + Ronaldinho (10) = 31 gols - Atlético-MG*
2011: Borges (23) + Neymar (13) = 36 gols - Santos
2010: Jonas (23) + André Lima (11) = 34 gols - Grêmio
2009: Adriano (19) + Petkovic (8) = 27 gols - Flamengo (campeão)
2008: Borges (16) + Hugo (14) = 30 gols - São Paulo (campeão)
2007: Acosta (19) + Felipe (10) = 29 gols - Náutico
2006: Schwenck (14) + Cícero (13) + Soares (13) = 40 gols - Figueirense*

*Em 2006 e 2012, três jogadores foram levantados por dois deles terem a mesma quantidade de gols.

Leia também