Gabigol comenta polêmica da venda de cerveja na Copa do Qatar e marca patrocinadora: 'Te entendo'

Três jogadores mudaram de número no Flamengo (Armando Paiva/LANCE!)


Após grande imbróglio com o governo do Qatar, a Fifa não conseguiu viabilizar a venda de bebidas alcoólicas nos arredores dos estádios do evento. Assim, as vendas da cerveja patrocinadora do evento, a Budweiser, será restrita à Fan Fest. O atacante Gabigol aproveitou o fato para alfinetar a própria ausência no torneio.

Um dos principais nomes do Flamengo na temporada de 2022, o camisa 9 do clube ficou de fora da lista final do treinador Tite na Seleção Brasileira. Nas redes sociais, o atleta marcou a marca de cerveja e comentou: "Eu te entendo", em referência a ausência da venda de cervejas.

+ Astro do funk paulista lança clipe com Luva de Pedreiro e Elisa Sanches

Esta não foi a primeira vez que o atacante alfineta a própria ausência no Mundial. Na última semana, quando o Flamengo comemorou as conquistas da Copa do Brasil e Libertadores no centro do Rio de Janeiro, o atleta também se envolveu em polêmica.

+ Copa cara: Torcedores se assustam com preço de bebidas no Qatar

Quando a torcida rubro-negra manifestou que o jogador não precisava da convocação para a Copa, o atleta falou: 'Não preciso mesmo, eu já jogo em uma seleção. Gabigol chegou a participar do período pré-Copa com a equipe do Tite, porém ficou de fora na lista final.