Gabigol é eleito o 'Rei da América' em 2019; Gallardo leva o prêmio de técnico pelo segundo ano consecutivo

Gabigol, do Flamengo, o "Rei da América" em 2019 (Foto: Divulgação/El País)
Gabigol, do Flamengo, o "Rei da América" em 2019 (Foto: Divulgação/El País)

Gabriel Barbosa é o novo "Rei da América". Na pesquisa do tradicional diário "El País", do Uruguai, o camisa 9 do Flamengo recebeu 45% dos votos e levou mais um prêmio em 2019. Em 2019, o atacante foi o artilheiro da Copa Libertadores e decisivo na conquista do Rubro-Negro, com os dois gols na decisão diante do River Plate, da Argentina, por exemplo. Ao todo, foram nove gols no torneio.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Foram 372 jornalistas consultados pelo "El País" na 34ª edição do prêmio. O pódio foi composto por outros jogadores rubro-negros: o atacante Bruno Henrique, com 22% dos votos, e o meia De Arrascaeta, com 11% dos votos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

Entre os técnicos, o mais votado foi Marcello Gallardo, treinador do River Plate e vice-campeão da Libertadores neste ano. O Muñeco levou o prêmio pela segunda temporada consecutiva: em 2018, os Millionários foram campeões.

Além de Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta, outros cinco jogadores de clubes brasileiros foram lembrados na votação: Everton (Grêmio), Dani Alves (São Paulo), Soteldo (Santos), Filipe Luís (Flamengo) e Guerrero (Internacional).

O time ideal foi escalado com Armani (River Plate); Rafinha (Flamengo), Rodrigo Caio (Flamengo), Pinola (River) e Filipe Luís (Flamengo); Enzo Pérez (River), Nacho Fernández (River) e Arrascaeta (Flamengo); Everton (Grêmio), Bruno Henrique (Flamengo) e Gabigol (Flamengo), além do técnico Gallardo (River).

Confira a lista completa abaixo:

Gabriel Barbosa / Brasil / 168 votos (45%)
- Bruno Henrique / Brasil / 83 (22%)
- G. De Arrascaeta / Uruguay / 40 (11%)
- Ignacio Fernández / Argentina / 25 (8%)
- Enzo Pérez / Argentina / 21 (5%)
- Éverton Sousa / Brasil / 9 (2%)
- Roque Santa Cruz / Paraguay / 5 (1%)
- Nicolás De La Cruz / Uruguay / 4 (1%)
- Rafael Santos Borré / Colombia / 3 (1%)
- Dani Alves / Brasil / 2 (0.5%)
- Yeferson Soteldo / Venezuela / 2 (0.5%)
- Filipe Luis / Brasil / 1 (0.3%)
- Franco Armani / Argentina / 1 (0.3%)
- Carlos Vela / México / 1 (0.3%)
- Paolo Guerrero / Perú / 1 (0.3%)
- Jorge Pinos / Ecuador / 1 (0.3%)
- Germán Cano / Argentina / 1 (0.3%)
- Rodolfo Pizarro / Argentina / 1 (0.3%)
- Juan F. Quintero / Colombia / 1 (0.3%)
- Franco Armani / Argentina / 1 (0.3%)
- André Pierre Gignac / Francia / 1 (0.3%)

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter


Leia também