Gás 'até o último minuto': Flamengo de Ceni tem parcela maior e significativa de gols no 2º tempo

Lazlo Dalfovo
·3 minuto de leitura


Sob o comando de Rogério Ceni, o Flamengo ainda busca consistência e regularidade para arrancar em prol do octa. Porém, o último jogo foi animador, com a segunda vitória de virada com o atual treinador, sendo que os quatro gols do convincente triunfo por 4 a 2 sobre o Grêmio foram marcados na etapa final, o que tem sido uma tônica na "Era Ceni", que chegou a 16 jogos.

Dos 27 gols marcados pelo Flamengo comandado por Rogério Ceni, 16 (59,3%). foram feitos no segundo tempo das partidas, enquanto 11 (40,7%), no primeiro. Os números refletem um poderio ofensivo maior na segunda metade dos confrontos, respingando nos méritos da preparação física em meio a viagens - como no cenário atual, de cinco jogos seguidos fora do Rio - na reta final da temporada.

O LANCE! conversou com Danilo Augusto, preparador físico do clube e uma voz ativa no vestiário, inclusive. Contratado para a comissão técnica junto a Ceni e auxiliares, Danilo falou sobre o foco diário e elogiou os insumos estruturais fornecidos pelo Rubro-Negro.

- Nosso dia a dia é muito focado na prevenção de lesão e manutenção física dos atletas, pelo tempo escasso de treinos e número elevado de jogos. Diante deste contexto e das nossas possibilidades, acredito que temos feito um ótimo trabalho. Nosso percentual de gols no segundo tempo é excelente, o que comprova que temos deixado o elenco em condições de competir até o último minuto - falou Danilo Augusto, emendando:

- Tudo que o Flamengo oferece é do mais alto nível. Desde o CT até a logística das viagens. Há pouco tempo realizamos três jogos seguidos fora e sentimos muito pouco. Voos fretados, bons hotéis e bons locais para treinar da maneira que precisamos. No Rio, a estrutura do nosso CT é completa, e facilita a implementação da nossa metodologia com excelência. Estamos prontos para os desafios e seguiremos lutando com suor e fôlego até o apito final.

Danilo Augusto - Flamengo
Danilo Augusto - Flamengo

Danilo Augusto: contratado com Ceni (Foto: Reprodução/Dugout)

O supervisor de futebol do Fla, Gabriel Skinner, também foi ouvido e creditou os voos fretados, por exemplo, como uma chave par amenizar o desgaste nos jogos.

- Há dois anos, o Departamento de Futebol disponibiliza o que tem de melhor para seus atletas. Somos facilitadores para o elenco, diante de temporadas tão desgastantes. Tudo trabalhado em prol da performance do Flamengo. Não abrimos mãos de voos fretados, deslocamentos curtos, quando possível, e hotéis com ótima estrutura para alimentação e recuperação. Assim, deixamos eles apenas focados em treinar e jogar. Presidente Rodolfo Landim é o primeiro a entender a importância de todo o processo e nos concede o apoio necessário - comentou Skinner.

'PILHA' NO VESTIÁRIO

Parte de torcedores nas redes sociais já notou que Danilo Augusto costuma aparecer nos vídeos de bastidores "pilhando" os jogadores antes dos jogos. Ele comentou sobre o seu jeito elétrico.

- Antes dos aquecimentos e jogos, gosto de motivar os caras. Dar aquela última palavra de incentivo, mostrar que são merecedores de vestir a camisa do Flamengo e de disputarem títulos importantes. Sou assim desde sempre. Ligado no 220 (volts), a mil por hora. Acredito plenamente que a energia que passamos nesses momentos faz a diferença.

SITUAÇÃO DO FLAMENGO NA TABELA

O Flamengo, que vem de vitória contra o Grêmio e dobrou as chances de título, segundo o site "Infobola", volta a campo nesta segunda-feira, às 20h (de Brasília), para encarar o Sport, na Ilha do Retiro, pela 33ª rodada do Brasileirão.

> Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

Neste momento, o Flamengo, vice-líder, está em segundo lugar, com 58 pontos - quatro a menos em relação ao Internacional, o primeiro colocado.