Futsal: Comandado por Amandinha, Brasil chega à semi da Copa América

Amandinha é artilheira do Brasil, com sete gols marcados (Foto: Divulgação/CBFS)
Amandinha é artilheira do Brasil, com sete gols marcados (Foto: Divulgação/CBFS)


Uma das destaques do Brasil é sem dúvidas Amandinha. A ala chegou a sete gols marcados pela Copa América de futsal feminino após balançar a rede três vezes na vitória sobre o Equador por 13 a 0, em Assunção, no Paraguai. Com o resultado, a equipe garantiu a quarta vitória e conquistou a classificação para a semifinal da competição.

Agora, Amandinha e grupo terá que se preocupar com outro adversário: a equipe da Colômbia, às 18h, desta quinta-feira. A outra semifinal acontece entre Argentina e Paraguai. Há um probabilidade de Brasil e Argentina na grande decisão, que será sexta-feira.

As meninas brasileiras defendem uma hegemonia marcada na história. Na modalidade, a Seleção verde-amarela jamais perdeu um jogo oficial desde a sua primeira convocação em 2001.

A primeira fase do Brasil foi repleta de goleadas. Se continuar com o mesmo ímpeto, o título é certo da Copa América. Além de massacrar o Equador, a equipe goleou o Chile (11 a 0), o Uruguai (8 a 0) e a Argentina (5 a 2). Somando, a Seleção Brasileira chegou a 37 gols marcados em quatro jogos.

O Brasil é o atual campeão da competição, com a última edição realizada em 2017, na cidade de San Juan, Argentina. A final foi justamente contra os hermanos, com triunfo brasileiro por 4 a 2. Em apenas duas edições a Seleção não terminou como campeã – em 2015 e 2003, ambas vencidas pela Argentina. Caso cheguem à final, as brasileiras miram conquistar o hexacampeonato.

ARTILHARIA DA SELEÇÃO:
Amandinha - 7 gols
Luciléia - 5 gols
Tampa - 5 gols
Cilene - 4 gols
Diana - 4 gols
Ana - 4 gols
Gabi - 3 gols
Nega - 2 gols
Simone - 2 gols
Luisa - 1 gol




















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também