Futebol foi feio, mas vitória foi merecida, diz técnico da Bélgica

Técnico da Bélgica, Roberto Martínez

Por Julien Pretot

AL RAYYAN, Catar (Reuters) - O técnico da seleção belga, Roberto Martínez, ficou feliz com o que chamou de vitória merecida por 1 x 0 sobre o Canadá, no Grupo F da Copa do Mundo, nesta quarta-feira, apesar do "pior desempenho técnico" em seus seis anos no cargo.

Depois que Argentina e Alemanha perderam seus primeiros jogos, a Bélgica esteve perto de sofrer outra grande derrota, mas a equipe, que terminou em terceiro na Copa do Mundo de 2018, lidera o grupo com dois pontos de vantagem sobre Croácia e Marrocos.

"Foi tecnicamente o pior desempenho? Sim. O pior jogo? Não, porque é uma vitória na Copa do Mundo. Tivemos que mostrar um lado diferente do nosso jogo e defender muito bem", disse Martinez em entrevista coletiva.

"E fizemos um gol muito bom. Você precisa dar muito respeito ao desempenho do Canadá, e o que fizemos é que não fizemos bem o que deveríamos fazer, enquanto eles fizeram bem o que deveriam fazer. Mas nós merecemos a vitória."

Há, bviamente, muito espaço para melhorias para a Bélgica, que foi uma sombra pálida do time brilhante que chegou às semifinais na Rússia há quatro anos.

"Temos que ter autocrítica e melhorar. Mas é melhor fazer isso quando você tem três pontos, especialmente depois de ver o que aconteceu (com Argentina e Alemanha)", disse Martinez.

O meio-campista Kevin De Bruyne, no entanto, estava claramente insatisfeito e o prêmio de melhor jogador que recebeu, pouco o consolou.

"Acho que não fiz um grande jogo. Não sei por que ganhei o troféu. Talvez por causa do meu nome", disse ele.