Futebol espanhol detecta cinco jogadores com coronavírus e mantém nomes em sigilo

Goal.com

Cinco jogadores da primeira e segunda divisão do futebol espanhol estão com o novo coronavírus, segundo comunicado divulgado neste domingo por La Liga, organizadora dos dois torneios. Todos os casos são assintomáticos.

"Uma vez finalizadas as medições médicas no mínimo pessoal imprescindível, solicitadas pelos clubes para iniciar os treinamentos, foram detectados alguns casos positivos de Covid-19. De concreto, entre os clubes de LaLiga Santander (primeira divisão) e LaLiga SmartBank (segunda), foram detectados cinco casos positivos nos jogadores, todos eles assintomáticos e na fase final da doença", diz a nota. 

A entidade acrescenta que "desconhece a identidade concreta dos contaminados em cumprimento da Lei Orgânica de Proteção de Dados" vigente na Espanha. Ou seja, o nome dos cinco jogadores que testaram positivo não serão divulgados. 

No entanto, pouco depois do anúncio, três jogadores do Betis foram às redes sociais e informaram que estão com Covid-19: o goleiro Joel Robles, o lateral esquerdo/ponta Alfonso Pedraza e o atacante Juanmi.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Um dos objetivos dos exames médicos dos jogadores na Espanha era exatamente detectar os chamados assintomáticos ou falso negativos, ou seja, pessoas que contraíram o novo corona e que, como não apresentam sintomas, podem contaminar outras pessoas. "Desta maneira garantimos a segurança de todos na volta ao trabalho, de acordo com as normativas de riscos laborais", completa o comunicado. 

La Liga informou ainda que passou os resultados de todos os exames para o Conselho Superior de Esportes (CSD na sigla em espanhol) e para o Ministério da Saúde do país. "Os clubes seguem voltando à normalidade e começaram a retomar os treinamentos. Depois de efetuar com êxito os primeiros testes de coronavírus, agora La Liga estabelece os próximos passos que serão dados com os que testaram positivo:

  • Permanecer em quarentena em seus domicílios, realizando a mesma atividade física individual que vinham fazendo até agora, seguindo as instruções de seus clubes

  • Realizar um novo exame de detecção do Covid-19 nos próximos dias e, se os resultados derem negativos, poderão se incorporar aos treinamentos nas instalações de seus clubes

  • Além disso, La Liga vai oferecer às pessoas que convivem com os afetados a possibilidade de também realizar exames. A entidade vai seguir aplicando o protocolo de atuação de volta aos treinos, aprovado pelo CSD e pelo Ministério da Saúde, com o intuito de garantir a máxima segurança a jogadores, corpo técnico e funcionários dos clubes"

Novo coronavírus perde força na Espanha

A Espanha anunciou no último sábado que vai começar a flexibilizar a quarentena no país. Neste dia, foram contabilizadas 179 mortes por novo coronavírus - o total de óbitos no país já passou de 26 mil.

Dentre as medidas, o governo local autorizou a reabertura de estabelecimentos comerciais, desde que possuam área máxima de 400 metros quadrados e obedeçam orientações de lotação e distanciamento social.

No futebol, a semana marcou a reapresentação dos jogadores para realizar exames nas dependências dos clubes e em seguida retomarem treinos individuais. Segundo o jornal espanhol As, La Liga tem 12 de junho como a data que pode marcar o retorno das competições no país. 

Leia também