Furacão vence o Cascavel e se reabilita no Paranaense

Em sua última partida utilizando a equipe alternativa, o Atlético Paranaense se reabilitou no Campeonato Paranaense 2017 e goleou o Cascavel por 4 a 0, na Arena da Baixada. Com o resultado, o Furacão chegou aos 10 pontos, na sexta colocação. Já a Cobra segue fora do G8, na 10ª posição, com sete pontos ganhos.

O Rubro-Negro abriu a contagem logo aos cinco minutos do primeiro tempo, com João Pedro cobrando penalidade. Aos 22 minutos, Zé Ivaldo subiu com liberdade para marcar o segundo. Depois do intervalo, Matheus Anjos, aos 29 minutos, e aos 40 minutos fechou a contagem.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense enfrenta o JMalucelli, quarta-feira, no Ecoestádio Janguito Malucelli. Já o Cascavel encara o Rio Branco, no mesmo dia, no estádio Arnaldo Bussato.

O jogo – O Furacão começou a partida pressionando e, logo aos quatro minutos, Marco Tiago derrubou Luis Henrique na área e o árbitro marcou a penalidade. Na cobrança, João Pedro cobrou com categoria e abriu o placar na Arena. Aos oito minutos, cruzamento de Léo e Luis Henrique testou forte para grande defesa Darci.

A Cobra tentou chegar pela primeira vez aos 13 minutos, com Raulen, que recebeu de Evandro e bateu na rede pelo lado de fora. Mas, aos 22 minutos, cobrança de escanteio para Zé Ivaldo, que com liberdade subiu para desviar para o fundo da rede e abrir o placar. Lançamento de João Pedro para Luis Henrique, aos 27 minutos, mas a defesa do Cascavel se adiantou para afastar.

Mais Rubro-Negro no ataque, aos 29 minutos, com Douglas Coutinho chutando cruzado para grande defesa de Darci. Aos 37 minutos, Léo cruzou, a bola subiu demais e passou por cima da meta. O Atlético controlava a partida e diminuiu o ritmo. Aos 44 minutos, Laionel invadiu a área, cutou forte, e a bola foi direto pela linha de fundo.

Depois do intervalo, a Cobra voltou com Sorbara no lugar de Victor Carvalho. O time do interior tentava diminuir a diferença e, aos sete minutos, Marco Tiago arriscou o chute de longe e a bola foi direto para fora. Renan Paulino tentou responder na mesma moeda, aos oito minutos, e errou o alvo.

A situação do Cascavel se complicou aos 11 minutos, com Marco Tiago recebendo o segundo cartão amarelo e deixando o time com um a menos em campo. Yago até chegou a marcar, aos 12 minutos, mas a arbitragem anulou o lance marcando impedimento. Aos 16 minutos, Léo fez o cruzamento da direita e Douglas Coutinho texto para defesa de Darci.

O Atlético-PR administrava bem e matou o jogo aos 29 minutos, com Matheus Anjos recebendo de Renan Lodi e batendo na saída do goleiro para marcar o terceiro. Aos 31 minutos, mais uma assistência de Renan Lodi, mas o chute de Renan Paulino foi para fora. Até que, aos 40 minutos, Matheus Anjos cobrou falta com perfeição e fez um golaço para fechar o placar.

ATLÉTICO PARANAENSE 4 X 0 CASCAVEL

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 18 de março de 2017, sábado

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Leonardo Sigari Zanon

Assistentes: Márcio Lopes Guerra e Petergan Picotti Moraes

Cartões amarelos: Léo e Renan Lodi (Atlético-PR); Marco Tiago (Cascavel)

Cartão vermelho: Marco Tiago (Cascavel)

Gols

ATLÉTICO PARANAENSE: João Pedro, aos cinco minutos e Zé Ivaldo aos 22 minutos do primeiro tempo; Matheus Anjos, aos 29 minutos e aos 40 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO PARANAENSE: Weverton; Léo, Wanderson (Cleberson), José Ivaldo e Nicolas; Luiz Otávio e Renan Paulino; Yago (Renan Lodi), João Pedro (Matheus Anjos) e Douglas Coutinho; Luis Henrique

Técnico: Paulo Autuori

CASCAVEL: Darci; Rauen, João, Vitor Carcalho (Sorbara), Marco, Henrique, Everton, Charles, Roncato (Anderson Tasca), Laionel e Wesley (Felipe Fumaça).

Técnico: Karmino Colombino