Furacão principal fica no empate diante do Jotinha

A equipe principal do Atlético Paranaense entrou em campo pela primeira vez no Campeonato Paranaense e teve vida dura para empatar em 1 a 1 diante do JMalucelli, no Ecoestádio Janguito Malucelli. Com o resultado, o Furacão chegou aos 11 pontos, na sétima colocação. Já o Jotinha, com 18 pontos, segue na vice-liderança.

O time do Barigui abriu a contagem aos quatro minutos da primeira etapa, com Rafael Santiago aproveitando cobrança de escanteio. Gedoz deixou tudo igual cobrando falta, aos 11 minutos.

Na próxima rodada, o JMalucelli enfrenta o Londrina, domingo, no estádio ABC, na fronteira. Já o Atlético Paranaense terá pela frente o Cianorte, sábado, na Arena da Baixada, em Curitiba.

O jogo – Logo nos primeiros minutos, o Jotinha mostrava que tentaria surpreender que quase o fez em uma verdadeira lambança rubro-negra. Após cobrança de lateral para Santos, o goleiro furou e a bola foi par aas redes, mas o lance foi invalidade porque ninguém tocou na bola. Aos cinco minutos, entretanto, Rafael Santiago aproveitou cobrança de escanteio e mandou para o fundo da rede, abrindo o placar.

O Furacão reagiu rápido e, aos 11 minutos, Felipe Gedoz cobrou falta com veneno e deixou tudo igual. JMalucelli no ataque, com Getterson, aos 18 minutos, entrando com total liberdade, mas impedido. O atacante tentou mais uma vez, aos 21 minutos, desta vez dominando em condição legal, mas deixando a bola escapar e facilitando o trabalho da defesa atleticana.

Com a defesa rubro-negra aberta a sua frente, Tomas Bastos avançou, aos 26 minutos, e arriscou o chute diretor pela linha de fundo, mas com perigo. Aos 33 minutos, novamente Tomas Bastos, agora em cobrança de falta que explodiu na trave. Gedoz cobrou falta, aos 41 minutos, mas desta vez carimbou a barreira.

Para a etapa final, as equipes retornaram sem mudanças. Logo no primeiro minuto, cobrança de falta de Tomas e Santos vai para a defesa. Aos quatro minutos, Lucho apareceu sozinho pra testar e mandou pela linha de fundo. Mais uma cobrança de falta de Gedoz, aos sete minutos, uma bomba que parou na barreira.

Aos 18 minutos, Cryzan lançou para Gedoz, que encontrou Lucho entrando pelo meio da defesa para finalizar em cima da zaga. Aos 27 minutos, Otávio levou a bola pelo meio da defesa e tocou por cobertura, tentando surpreender Fabrício. O Jotinha tentava pressionar nos minutos finais. Aos 40 minutos, Matheus Anjo cobrou falta e a bola foi direto pela linha de fundo.

Mais três partidas – Outros quatro jogos agitaram a nona rodada do Estadual. O Cascavel, goleado no final de semana pelo Furacão, recebeu o Rio Branco e venceu por 2 a 1. Já o Cianorte, terceiro colocado, venceu o Toledo por 2 a 1, no Albino Turbay. Em recuperação, o Prudentópolis tropeçou e perdeu por 2 a 0 para o Foz do Iguaçu, que respira ainda na ZR.

JMALUCELLI 1 X1 ATLÉTICO-PR

Local: Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba (PR)

Data: 22 de março de 2017, quarta-feira

Horário: 20 horas (de Brasília)

Árbitro: Luiz Alexandre Fernandes

Assistentes: Daniel Cotrim de Carvalho

Cartões amarelos: Cristóvam (JMalucelli); Pablo e Renan Lodi (Atlético-PR)

JMALUCELLI: Rafael Santiago, aos 04 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-PR: Felipe Gedoz, os 11 minutos do primeiro tempo

JMALUCELLI: Fabrício; Cristovam, Alex Fraga, Tiago (Renan Costa) e Eltinho; Wellington, Jatobá e Tomas Bastos; Getterson, Santiago e Jenison

Técnico: Luciano Gusso

ATLÉTICO PARANAENSE: Santos; Jonathan, Paulo André, Marcão e Renan Lodi; Otávio, Rossetto e Lucho; Felipe Gedoz (Yago), Pablo e Grafite (Cryzan)

Técnico: Paulo Autuori