Frenkie De Jong honra tradição da Holanda e eleva expectativas por grande Copa do Mundo


A Holanda suou para vencer Senegal por 2 a 0, na estreia da Copa do Mundo do Qatar. A dificuldade foi tanta que, mesmo com o triunfo, a imprensa holandesa destacou mais as falhas, em detrimento dos acertos. No entanto, um jogador foi unanimidade como melhor em campo e lembrou grandes craques holandeses: Frenkie De Jong.

O volante do Barcelona ganhou destaque nos principais jornais holandeses, como o De Telegraaf e o Volkskrant, ambos de Amsterdã. A atuação foi tão acima da média que teve a devida importância na imprensa internacional, como o Gazzetta dello Sport, que citou que o holandês estava em todos os lugares do campo.

NÚMEROS E IMPRESSÕES

Frenkie atuou os 90 minutos na partida contra Senegal, o único membro do meio-campo da Holanda que não foi sacado por Van Gaal. Ao todo, foram 57 passes completos e dez duelos ganhos, líder nos quesitos pela Laranja Mecânica no jogo. Para finalizar, dois passes decisivos, um deles sendo a assistência para Cody Gakpo.

+ Problema resolvido? Noppert brilha em vitória da Holanda e ganha confiança de Van Gaal

A atuação de De Jong fica ainda melhor quando se analisa o grau de dificuldade da partida. Responsável pela saída de bola, o volante conviveu com a forte marcação pressão de Senegal ao longo de todo o jogo, mas não se intimidou. Participativo e "cascudo", mostrou grande maturidade.

frenkie de jong
frenkie de jong

Frenkie deu a assistência para Gakpo marcar no segundo tempo (Noushad Thekkayil/EFE)

É justamente essa maturidade que impressionou. Assim como boa parte do elenco holandês, Frenkie fazia sua estreia em Copas do Mundo e, mesmo assim, não se intimidou. Van Gaal chegou a destacar o quesito 'pressão' como algo que atrapalhou a Holanda na partida.

- Não tive a impressão de que iríamos perder. Acho que só pode melhorar, também acho que houve tensão no grupo de jogadores. Nós fomos para o estande antes, tomando café. Mas isso aparentemente não ajudou. Acho que não jogamos bem - revelou.

Com o grande jogo, De Jong deu orgulho à gerações anteriores de meio-campistas holandeses que já desfilaram na Copa do Mundo. De Johan Neeskens, Rijkaard, Gullit, Davids, Seedorf, Bergkamp, até Sneijder, a Laranja Mecânica sempre teve muito talento no setor e, agora, parece ter mais um candidato à estrela.

+ Decisivo e elogiado pelo ídolo: conheça Cody Gakpo, autor do primeiro gol da Holanda na Copa

O próximo compromisso da Holanda será contra o Equador, nesta sexta-feira, no Estádio Internacional Khalifa. A partida acontecerá às 13h (de Brasília) e vale a liderança do Grupo A, já que as equipes estão empatadas com campanhas idênticas: uma vitória e dois gols de saldo.