Fred provoca Cruzeiro por decisão: "Dois anos que nem chegam à final"

Fred em ação pelo Galo (Foto: Thomás Santos/AGIF/Lancepress!)

O Atlético-MG não vence o Cruzeiro desde 2015, quando aplicou 2 a 1 na semifinal do Campeonato Mineiro, com dois gols de Lucas Pratto, no Mineirão. O jejum pressiona o Galo para vencer o arquirrival neste domingo (30), pela partida de ida da final do Estadual. Contudo, há quem se lembre dos tabus do arquirrival.

Fred não esconde que se sente pressionado por conta da ausência de vitórias contra o maior oponente, mas brinca com o fato de a Raposa não chegar à final do torneio regional há duas temporadas:

- Fica (a pressão), mas a gente sabe que tem dois anos que eles nem chegam na final. Torcedor quer sempre ganhar clássico. Joguei no Rio e lá tinha quatro times, não vivi isso. A cobrança é maior e vira um campeonato à parte, como Grêmio e Inter também. Fica mais acirrado, tem mais cobrança, ainda mais para o torcedor. Perder para qualquer rival fica chato. Para nós e para eles - afirmou.

Ausente de três partidas consecutivas do Campeonato Mineiro por conta de uma agressão a Manoel, o centroavante garante que se prepara para evitar provocações do adversário:

- Estou me preparando bem para não cair nas provocações. Tenho certeza que vai ser um jogo tranquilo. Pela minha característica, pelo estilo de jogo, vai ter sempre briga pelo espaço. Como falei antes, não tive a intenção de dar um soco no Manoel - concluiu.







E MAIS: