Fred perde pênalti, Fluminense empata com o Santa Fe em casa e se complica na Sul-Americana

Fred lamenta após perder pênalti no empate do Fluminense (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
Fred lamenta após perder pênalti no empate do Fluminense (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

Nada deu certo para o Fluminense na noite desta terça-feira e o time amargou um empate por 0 a 0 com o Unión Santa Fe (ARG), pela terceira rodada da Copa Sul-Americana. Em noite em que pouca coisa funcionou no Maracanã, até Fred perdeu pênalti nos minutos finais. O Tricolor complicou a sua situação no Grupo H da competição continental e saiu de campo sob vaias, indignação e cantos de time sem vergonha.

O outro jogo do grupo será apenas na quinta-feira, mas o Flu permanece na terceira posição, com quatro pontos. O Santa Fe vai para a liderança, com cinco, e o Junior fica com quatro, mas ainda entra em campo. No próximo domingo, o Fluminense volta a campo para enfrentar o Coritiba, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro, às 16h. O time joga novamente pela competição continental na quarta, às 21h30, quando recebe o Junior Barranquilla (COL). Na quinta, o time argentino encara o Oriente Petrolero (BOL) em casa, às 19h15.

Leia também:

MUDANÇAS

Como o Fluminense não prioriza nenhuma competição na temporada, o técnico Abel Braga vem sendo obrigado a girar o time em todas as partidas para não provocar lesões nos jogadores. Nesta partida, as novidades foram muitas. Luccas Claro entrou na vaga de Manoel, lesionado, na zaga. Nas pontas, Marlon seguiu na esquerda enquanto Caio Paulista ganhou apenas a segunda chance como titular na temporada, entrando na direita. Ele havia jogado apenas com o terceiro time diante do Boavista. Wellington e Nonato comandaram o meio, enquanto Arias voltou ao ataque ao lado de Cano.

ANIMADO

O primeiro tempo foi de chances para os dois lados, mas ambas as equipes demonstraram problemas na hora de finalizar. Cada time teve uma grande oportunidade desperdiçada, sendo a do Santa Fe uma claríssima após erro de David Braz e Fábio. O Fluminense tinha espaço para desenvolver as jogadas, mas errou muito na infiltração na área. Como Abel manteve o esquema com três zagueiros, a sensação era que faltava mais um homem para segurar a bola no meio e ajustar as transições. No fim, nenhum dos times balançou a rede.

NÃO VALEU

O segundo tempo começou animado. Logo aos dois minutos, Luna Diale tentou desviar e gerou uma cobrança de escanteio. Na sequência, Calderón cabeceou e Fábio operou um verdadeiro milagre para salvar o Fluminense. O Santa Fe ainda chegou ao gol no lance seguinte com Álvez em sobra do goleiro tricolor, mas o impedimento já havia sido marcado. Os argentinos se aproveitavam dos espaços para criar grandes oportunidades, mas iam mal na conclusão.

DIFICULDADES

Abel voltou para o segundo tempo com Fred no lugar de Caio Paulista, deslocando Nino para a ala direita. Isso mudou 17 minutos depois, quando Calegari entrou no campo e ocupou o setor. Quando fez a mudança, que incluíram a saída de David Braz e Ganso para a entrada do lateral e de Nathan, Abel foi chamado de burro. O Fluminense até teve mais presença de área com o camisa 9 em campo, mas perdeu na marcação e seguiu cometendo muitos erros, gerando mais impaciência.

NADA CERTO

Apesar do apoio da torcida, que tentou cantar até o último momento, o Fluminense não teve sucesso. Mal nas conclusões, o dia realmente era aquele que a bola não entraria. No último lance da partida praticamente, Juaréz encostou com a mão na bola e o juiz assinalou a penalidade. Fred foi para a cobrança e parou em bela defesa do goleiro Mele. No fim, um 0 a 0 amargo.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 0X0 UNIÓN SANTA FE

Data/Hora:
26/04/2022, às 21h30
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Assistentes: Nicolás Tarán (URU) e Carlos Barreiro (URU

Gols: -
Cartões amarelos: Luccas Claro, Marlon, Nonato, Nathan (FLU), Polenta, Luna Diale, Jonatan Álvez (UNI)
Cartões vermelhos: -

FLUMINENSE: Fábio; Nino, Luccas Claro e David Braz (Calegari - 20'/2ºT); Caio Paulista (Fred - intervalo), Wellington (Yago Felipe - 36'/2ºT), Wellingtno, Ganso (Nathan - 20'/2ºT) e Marlon; Arias (Luiz Henrique - 27'/2ºT) e Cano. Técnico: Abel Braga.

UNIÓN SANTA FE: Santiago Mele; Brítez, Franco Calderón, Diego Polenta e Claudio Corvalán; Juan Portillo, Juan Nardoni (Roldán - 41'/2ºT), Imanol Machuca (Juárez - 36'/2ºT), Zenón; Mauro Luna Diale (Blasi - 27'/2ºT) (Peralta Bauer - 41'/2ºT) e Álvez. Técnico: Gustavo Munúa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos