Fred, laterais, garotos da base e mais: veja quem tem contrato terminando em 2022 no Fluminense

·6 min de leitura


Com algumas saídas já certas e outras chegadas acontecendo, o Fluminense começa a arrumar o elenco visando a temporada de 2022. Entretanto, alguns jogadores vão para a virada sabendo que entram nos últimos meses de contrato com a equipe tricolor no ano que vem. Além de vários garotos das categorias de base, 13 jogadores profissionais estão nessa situação, incluindo o atacante Fred, que vai se aposentar. Veja a seguir caso a caso.

Fred tem um contrato assinado com o Fluminense até 21 de julho do ano que vem, data do aniversário do clube. Ainda há chances de isso se prolongar dependendo da situação do time na Libertadores, mas, neste momento, o ídolo se aposentará no meio de 2022. Além dele, um dos jogadores que mais tem se identificado com o Flu, o volante Yago Felipe tem contrato até dezembro. Aos 26 anos, o jogador foi um dos que mais entrou em campo na temporada, somando 62 partidas, 56 como titular, seis gols e três assistências.

Entre os laterais, Danilo Barcelos, aos 30 anos, pode perder espaço com a chegada de novos atletas e deve ter o futuro debatido ainda para esta temporada. Em 2021, ele fez 24 partidas, 19 como titular, e deu cinco assistências. É o mesmo caso de Marlon, que também tem vínculo até dezembro. Depois de retornar de empréstimo em junho, o jogador demorou, mas ganhou chances e terminou a temporada como titular. Aos 24 anos, foram 13 partidas e três assistências.

O lateral-direito Samuel Xavier, de 31 anos, tem contrato até dezembro e viveu ano irregular, apesar de ter se mantido quase o tempo todo na equipe inicial de Roger Machado e Marcão. Fez 45 jogos, começando 40 deles, e deu uma assistência. Ainda na defesa, titular até certa parte da última temporada, o goleiro Muriel perdeu espaço para Marcos Felipe e entrou em campo apenas duas vezes, pelo Brasileirão. Aos 34 anos, ele tem contrato até dezembro. O Fluminense não está no mercado em busca de jogadores para a posição.

Quem está mais próximo de sair é o atacante Lucca. Muito contestado pela torcida ao longo da passagem pelo Fluminense, o jogador de 31 anos está nos últimos meses de contrato e tem vínculo apenas até abril de 2022. Em 2021, foram 36 jogos, 12 como titular, três gols e duas assistências. Já Cazares está com vínculo até dezembro e decepcionou. Depois de um início promissor, o meia teve alguns lampejos, mas não se firmou nem com a saída de Nene. Dos 37 jogos, ele foi titular em apenas 11, marcou um gol e deu quatro assistências.

Wellington foi provavelmente o jogador mais criticado pelos torcedores desde o momento da contratação. O volante não fez boas apresentações, mas terminou o ano como titular. Ele teve o contrato renovado automaticamente até dezembro após bater meta de jogos estabelecida. Foram 18 partidas pelo tricolor.

O volante Nonato é outro que tem contrato apenas até o fim de 2022. Ele está emprestado pelo Internacional e tem opção de compra fixada de 50% dos direitos econômicos do volante por US$ 2,5 milhões de dólares (R$ 14,2 milhões). Caso o Inter receba uma proposta pelo jogador no período, o Flu pode cobrir a oferta. Caso não cubra e perca o atleta, os cariocas têm 10% do valor da venda como taxa de vitrine, o que será mantido mesmo se o Tricolor não comprar o atleta em definitivo. Nonato fez 26 jogos e deu uma assistência desde que chegou em julho.

Lucca - Fluminense
Lucca - Fluminense

Lucca é um dos jogadores em fim de contrato com o Fluminense (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)

Entre os zagueiros, são três casos. Luccas Claro tem contrato até dezembro e, depois de fazer uma ótima temporada, teve uma queda ao longo de 2021, mas se manteve na briga por vaga na equipe. Aos 30 anos, foram 29 partidas, apenas uma como reserva, e uma assistência.

Já Matheus Ferraz também está com contrato até o fim do ano e, apesar de receber propostas, quer permanecer no Fluminense para brigar por espaço. Ele entrou em apenas seis partidas na temporada e teve problemas com lesões, além de ficar por último na fila dos defensores. Cria da base, Frazan retornou após empréstimo ao CRB e não está, nesse momento, nos planos, mas tem contrato até dezembro. Em 2021 ele fez 25 jogos e marcou um gol.

VEJA OUTROS CASOS DE GAROTOS DA BASE:

DEZEMBRO


André Damaceno, de 19 anos, zagueiro, fez 26 jogos pelo Sub-20 em 2021 (21 como titular) e um gol.

Kennedy, 19 anos, meia, estava no Serra Macaense, assinou por empréstimo até o fim de 2022 no final de novembro.

Cauã Aguiar, atacante de 20 anos, fez 23 jogos pelo Sub-20 e marcou dois gols.

Daniel Lima (ou Bolt), tem 22 anos, lateral-direito atuou pela equipe de Aspirantes e chegou a ter chances no Carioca. Somou 12 partidas.

Emanoel, defensor de 20 anos, fez apenas quatro partidas pelo time de Aspirantes em 2021, somando 124 minutos em campo.

Ewerthon, meia de 20 anos, fez 16 partidas no Sub-20 na temporada, sendo três como titular, e deu uma assistência.

Gabryel Martins, meia-atacante de 20 anos, fez 32 jogos, 24 como titular, marcou oito gols e deu duas assistências com a camisa do Fluminense em 2021. Ele jogou pelo Sub-20 e chegou a fazer uma partida no Sub-23.

Revelação do Sub-20 do Serra Macaense, o meio-campista Guilherme Givigi foi emprestado ao Fluminense até o fim de 2022 com opção de compra. Chegou a atuar no profissional na temporada.

O goleiro Gustavo Ramalho, de 19 anos, não chegou a entrar em campo na temporada, mas foi o reserva no time de Aspirantes e relacionado também para as partidas contra Resende e Portuguesa no Carioca profissional.

Hiago Nascimento, atacante, fez oito partidas pelo Sub-17, seis como titular, e marcou dois gols.

Jefferson, atacante de 20 anos, chegou a negociar um empréstimo para o Estoril, de Portugal, mas não foi e jogou pelo time de Aspirantes até agosto. Fez oito partidas, duas como titular.

O meia Paulo Victor, de 22 anos, não chegou a entrar em campo, apesar de ter atuado três vezes pelo time de Aspirantes em 2020.

Welinton, meia de 18 anos, não jogou em 2021 e tem contrato até dezembro.

Wisney, de 22 anos, tem contrato até dezembro de 2022. Ao longo da temporada, o lateral-direito chegou a ser emprestado ao Boavista no Estadual. Ele somou 12 jogos.

O atacante Yago, de 20 anos, está com vínculo até o fim do ano e fez 29 jogos em 2021, sendo 24 como titular, marcando cinco gols e dando duas assistências.

OUTROS MESES

Caio Vinícius, que retorna após empréstimo ao Goiás, tem 22 anos, é meio-campista e fez 35 partidas em 2021, marcou dois gols e deu uma assistência. Ele tem contrato até maio, mas deve sair pois não está nos planos e tem o interesse do próprio clube goiano, além de Juventude e Avaí.

Christian Santiago, zagueiro de 16 anos, foi emprestado ao Fluminense pelo Olaria em abril deste ano e fez 16 partidas pela equipe sub-17, oito como titular. O contrato acaba dia 31 de janeiro.

Gean Carlos, atacante de 18 anos, não entrou em campo em 2021 e tem contrato acabando dia 31 de janeiro.

Contratado em julho de 2020, Lucas Moura, atacante de 17 anos, não chegou a jogar pelo Tricolor e tem vínculo até 31 de janeiro.

Denis, defensor de 19 anos, tem contrato até outubro do ano que vem e entrou em campo oito vezes pelo Sub-20 ao longo de 2021.

O lateral-direito João Vitor, de 19 anos, tem contrato até maio de 2022 e fez cinco jogos pelo Sub-20 neste ano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos