Fred faz dois e Fluminense vence o Santa Fe na Libertadores

LANCE!
·4 minuto de leitura
Brazil's Fluminense Fred celebrates after scoring against Colombia's Santa Fe during the Copa Libertadores football tournament group stage match at the Centenario stadium in Armenia, Colombia, on April 28, 2021. (Photo by Luis ROBAYO / various sources / AFP) (Photo by LUIS ROBAYO/AFP via Getty Images)

Suado, complicado e emocionante. Foi neste tom que o Fluminense venceu o Independiente Santa Fe por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Estádio Centenario de Armênia, na Colômbia, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. O Tricolor contou com dois gols de Fred, que salvou o dia após um fim de jogo complicado com a expulsão de Egídio na metade do segundo tempo. Giraldo descontou para os mandantes.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

O Flu volta a entrar em campo no próximo domingo, pelo primeiro jogo da semifinal do Carioca, diante da Portuguesa, às 16h. A terceira rodada da Libertadores é na quinta, dia 6, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia, que é, inclusive, o próximo rival do Santa Fe, mas pelas quartas de final do campeonato nacional. Já na competição continental, o adversário será o River Plate, na quarta, em casa.

Leia também:

O HOMEM DECIDE!

De um lado, o Santa Fe que gosta de ficar com a bola nos pés e valoriza a troca de passes. Do outro, um Fluminense mais reativo e esperando apenas os erros para atacar. A boa notícia para o time brasileiro é que os colombianos cometeram o primeiro equívoco cedo e, logo aos cinco minutos, após perda de bola, Kayky fez a jogada pela direita e deu para Nene dar um toque de calcanhar para Fred dominar e finalizar no canto para abrir o placar. Com isso, ele assumiu a vice-artilharia histórica do Flu, com 184 gols.

PERIGOSO

Após o gol, o Santa Fe seguiu com muito mais posse de bola, mas teve dificuldades de infiltrar no campo de ataque. O ritmo diminuiu e o jogo foi perdendo velocidade, com uma marcação firme do Fluminense na faixa central do campo, mas apenas até cerca de 30 minutos. Na reta final do primeiro tempo, o time carioca recuou as linhas e deu cada vez mais espaço para os adversários construírem. Apesar de chegar com perigo no contra-ataque, inclusive com uma bola na trave de Kayky, o Flu levou alguns sustos que ameaçaram, mas não mudaram o placar.

EMOÇÕES

Mal deu tempo de respirar e Fred marcou o segundo gol dele na partida. Logo no primeiro lance após o intervalo, Kayky fez a jogada pela esquerda e lançou Egídio, que cruzou na medida para o segundo maior artilheiro da história do Fluminense cabecear e ampliar. Mas a festa durou pouco. Aos cinco, a defesa do Fluminense deu pane geral, Egídio deu condições e Luccas Claro não acompanhou Giraldo, que recebeu lançamento de Palacios para, em liberdade, descontar.

COMPLICOU

Com dificuldades para sair com a bola e dando espaços, especialmente no alto e pelos lados, o Fluminense ficou ainda mais acuado no segundo tempo. Com as mexidas, Roger tentou apostar na velocidade de Gabriel Teixeira e na qualidade de Cazares para melhorar a transição, mas acabou vendo Egídio complicar o jogo. Aos 24 minutos, o lateral, que já tinha um cartão amarelo, fez falta dura no campo de defesa e levou o vermelho. Biel acabou sendo sacrificado.

DRAMÁTICO

Com um a menos, os minutos finais foram de muitas emoções para o Fluminense, que praticamente não ficou com a bola no pé. O Santa Fe tentou explorar o lado esquerdo da defesa do Tricolor e exigiu ainda mais da marcação, que já vinha sofrendo para dar conta. Jersson González colocou uma bola rente à trave de Marcos Felipe. O goleiro, inclusive, foi importante para manter o resultado, importante na caminhada do Flu no torneio.

FICHA TÉCNICA
INDEPENDIENTE SANTA FE 1x2 FLUMINENSE

Data/Hora: 28/04/2021, às 21h
Local: Estádio Centenário, Armênia (COL)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Andres Nievas (URU) e Pablo Llarena (URU)

Cartões amarelos: Jorge Ramos, Giraldo (SFE), Egídio, Bobadilla (FLU)
Cartões vermelhos: Egídio (FLU)
Gols: Fred (5'/1ºT) (0-1), Fred (1'/2ºT) (0-2), Giraldo (5'/2ºT) (1-2)

INDEPENDIENTE SANTA FE: Castellanos; Alexander Porras, Torijano, Jeisson Palacios, Mosquera; Giraldo, Pico, Seijas (Caballero - 20'/2ºT); Osorio Jersson González - 29'/2ºT), Árias (Valdés - intervalo) e Jorge Ramos. Técnico: Harold Rivera.

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro, Egídio; Yago Felipe, Martinelli, Nene (Cazares - 15'/2ºT); Luiz Henrique (Caio Paulista - 22'/2ºT), Kayky (Gabriel Teixeira - 15'/2ºT (Danilo Barcelos - 26'/2ºT)) e Fred (Bobadilla - 22'/2ºT). Técnico: Roger Machado.