Frankie Edgar se pronuncia após derrota no UFC Coreia: “Ganhar e perder como homem”

Frankie Edgar tomou uma decisão arriscada ao aceitar ser o substituto do lesionado Brian Ortega e competir diante de Chang Sung Jung no UFC Coreia com apenas duas semanas de antecedência. Com pouco tempo de preparação, o americano foi presa fácil para o ‘Zumbi Coreano’, que venceu por nocaute técnico ainda no primeiro round. Após o revés, o ex-campeão peso-leve (70 kg) do Ultimate compartilhou sua experiência sobre o evento.

Através de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Edgar lamentou a derrota mas ressaltou a necessidade de seguir adiante na carreira de cabeça erguida. De forma bem-humorada, o veterano sugeriu que deve se livrar do novo corte de cabelo, ao dar a entender que o visual não lhe deu tanta sorte no octógono.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Bem, as coisas não saíram bem como eu planejei aqui na Coreia do Sul, mas ganhar como homem e perder como um também. Tiro o meu chapéu para o ‘Zumbi Coreano’ pela grande performance. Acho que talvez seja a hora de cortar meu cabelo. Obrigado família, equipe e fãs pelo amor e apoio”, escreveu Edgar.

Apesar das mensagens de apoio ao lutador, alguns fãs se manifestaram a favor de uma possível aposentadoria de Frankie. Aos 38 anos, o americano venceu apenas um de seus últimos quatro compromissos na organização de MMA mais famosa do planeta.

Well not what I had planned coming out here to South Korea, but win like a man and lose like one too. Hats off to the @KoreanZombie on a great performance. I think it may be time to cut this damn hair. Thank you to my family, team, and fans for the love and support. #Fe

— Frankie Edgar (@FrankieEdgar) December 21, 2019


 

Leia também