Francesa se torna a primeira árbitra de um jogo das Eliminatórias Europeias

·1 minuto de leitura
Stéphanie Frappart no comando da partida entre Holanda e Letônia, pelas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022

A francesa Stéphanie Frappart se tornou a primeira mulher responsável pela arbitragem de uma partida das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo masculina, ao entrar em campo neste sábado para comandar o encontro entre as seleções da Holanda e da Letônia, na arena Johan Cruyff, em Amsterdã.

"Stéphanie Frappart continua a fazer história! Parabéns por ser a primeira mulher a arbitrar uma partida masculina na Copa do Mundo", escreveu nas redes sociais a Fifa.

Aos 37 anos, Frappart já quebrou várias barreiras, entre elas ao se tornar a primeira a apitar um jogo da Liga dos Campeões, em dezembro passado (Juventus e Dínamo de Kiev, 3 a 0).

Antes dessa estreia na Liga dos Campeões, também comandou a final da Supertaça da Europa em 2019, entre Liverpool e Chelsea, depois de ter sido a primeira mulher a arbitrar na segunda divisão da França (2014) e posteriormente na elite do futebol do país (2019).

No jogo deste sábado, os holandeses venceram a Letônia por 2 a 0, em partida válida pelo Grupo G do torneio classificatório para o Mundial no Catar.

bnl/bvo/mcd/dr/lca