França, Itália e até Brasil: veja os campeões mundiais que já foram eliminados na primeira fase das Copas

Algumas das seleções consideradas favoritas a vencer a Copa do Mundo do Catar podem se despedir mais cedo do que o esperado do torneio. É o caso da Argentina, que joga no sábado, às 16h, contra o México, e da Alemanha, que enfrenta a Espanha no domingo, no mesmo horário. O adeus ao Catar pode ocorrer por conta de uma combinação de resultados, pois as duas equipes perderam na primeira rodada da fase de grupos.

Trace o destino das seleções: No simulador da Copa do Mundo 2022, você decide quem ganha

Copa, cabelo & bigode: Você reconhece um jogador olhando os cabelos? Faça o teste com as estrelas da Copa do Catar

Tabela da Copa: Veja todos os resultados, datas e horários dos jogos do Mundial

Caso a seleção de Lionel Messi perca para o México, já estará fora da Copa. Isso porque continuaria sem pontuar no Mundial, e veria pelo menos dois adversários de chave chegando no mínimo aos 4 pontos — um deles, o próprio México —, o que seria impossível de alcançar restando apenas mais uma rodada. Pelo mesmo Grupo C, a Polônia (1 ponto) encara a Arábia Saudita (3 pontos) mais cedo, às 10h.

Já a Alemanha pode não ser eliminada ainda que perca seu jogo para a Espanha, às 16h de domingo. Para que isso seja possível, a Costa Rica precisaria vencer o Japão no outro jogo do Grupo E, às 7h. Dessa forma, ainda que com nenhum ponto somado em duas rodadas, os alemães poderiam chegar às oitavas em caso de vitória sobre a Costa Rica na última rodada, contando aí que a Espanha derrote o Japão. Nesse cenário hipotético, Alemanha, Costa Rica e Japão ficariam com três pontos, e a segunda vaga da chave seria definida no saldo de gols.

Bola de Cristal: Brasil tem 90% de chance de chegar às oitavas, e Portugal é rival mais provável

Em caso de eliminação, Argentina e Alemanha se juntariam a outros campeões mundiais que também abandonaram a competição na fase de grupos em torneios passados. A Itália, por exemplo, já ficou fora das oitavas de três Mundiais. Relembre aqui outras seleções campeãs que foram eliminadas durante a fase de grupos.

Copa de 1966 - Brasil e Itália

Em um grupo com Portugal, Hungria e Bulgária, a seleção brasileira estreou com vitória sobre a Bulgária, mas acabou sendo eliminada após duas derrotas para Hungria e Portugal. Com Pelé, caçado em campo contra os lusos, a seleção, então bicampeã mundial, voltou pra casa mais cedo.

Nesse ano, o mesmo ocorreu com a Itália. Assim como o Brasil, a Azzurra também estreou com vitória, sobre o Chile. Na sequência perdeu para a União Soviética, mas como fecharia a última rodada da fase de grupos contra a inexpressiva Coreia do Norte, não parecia uma missão complicada. A derrota por 1 a 0 para os norte-coreanos, no entanto, entrou para a lenda do futebol como uma das maiores zebras da história das Copas.

Copa de 2002 - França

Então campeã mundial, com Zidane e companhia, a França foi eliminada de cara no Mundial da Coreia e do Japão, em uma das maiores decepções da história das Copas. Após estrear com derrota surpreendente para Senegal, os Bleus se complicaram um pouco mais ao empatar com o Uruguai e fecharam a participação com derrota para a Dinamarca.

Copa de 2010 - França e Itália

Na Copa da África do Sul, a seleção francesa voltou a decepcionar e foi eliminada na fase de grupos após ficar na lanterna de um grupo com Uruguai, México e os donos da casa. Novamente com duas derrotas e um empate.

Análise: Entenda cenário que pode colocar Daniel Alves como titular da seleção na Copa

Já a Itália, que também deu adeus na mesma fase, conseguiu pelo menos dois empates. O grupo, no entanto, era considerado ainda mais fraco: Nova Zelândia, Eslováquia e Paraguai.

Copa de 2014 - Espanha, Inglaterra e Itália

Mesmo credenciada pelo título na Copa anterior, a Espanha tropeçou na fase de grupos no Mundial disputado no Brasil. Venceu apenas a Austrália em seu grupo, perdendo para Holanda e Chile, e caindo fora antes das oitavas.

Bola de cristal: Analise as chances da seleção a cada rodada da Copa do Mundo

Já o chamado "grupo da morte" daquele Mundial faria com certeza pelo menos uma vítima: eram três campeões mundiais na mesma chave. A surpresa foi que dois acabaram derrubados, a Inglaterra e a Itália. A surpresa Costa Rica foi a líder do grupo, com o Uruguai passando em segundo e salvando a pele dos campeões mundiais na chave.

Copa de 2018 - Alemanha

Mais uma vez, o então campeão mundial sucumbe antes das oitavas. A Alemanha estreou com derrota para o México, mas parecia que colocaria a situação nos eixos ao vencer a Suécia na segunda rodada. Na partida decisiva, no entanto, perdeu para a Coreia do Sul com gols nos acréscimos e se tornou a grande decepção do torneio.