França goleia a Austrália e avança no Mundial Sub-17

(Fifa.com)
(Fifa.com)


Pelas oitavas de final do Mundial Sub-17, França e Austrália entraram em campo na noite desta quarta-feira, no Estádio da Serrinha, em Goiânia.

Com o placar de 4 a 0, tendo destaque para a ótima atuação do camisa 11, Nathanael Mbuku, que, por sua vez, marcou três gols no duelo, a equipe francesa não tomou conhecimento da seleção da Oceania, garantindo assim sua vaga nas quartas. O próximo adversário será a Espanha, que, por sua vez, eliminou a seleção de Senegal por 2 a 1.

Primeiro tempo

Tentando usar sua força, a França partiu pra cima da Austrália em busca de abrir o placar logo nos primeiros minutos. E conseguiu. Aos 5, Nathanael Mbuku, aproveitando o cruzamento de Brandon Soppy para o meio da área, cabeceou para marcar. 1 a 0.

Após o gol feito, a equipe francesa ainda seguei pressionando. Até meados dos 25 minutos, mesmo com uma chegada por parte dos australianos com Watts, dando trabalho ao goleiro Zinga, eram os 'Le Bleus' quem ainda ditavam o ritmo de jogo.

Até os 35 minutos, o panorama do confronto na Serrinha era basicamente igual. Com alguns raros lances de chegada com perigo por parte da Austrália, a França mantinha-se tranquila em campo na expectativa de ampliar o marcador.

Na reta final de etapa, a equipe comandada por Trevor Morgan buscou ficar um pouco mais com a posse de bola, tentando chegar ao seu campo de ataque. Porém, os comandados de Jean-Claude Giutini não davam espaços na marcação, conseguindo aparecer com frequência na área australiana, porém parando nas defesas do goleiro Adam Pavlesic.

Segundo tempo

Assim com foi na etapa inicial, a equipe francesa iniciou pressionando o adversário. No entanto, os erros no último passe faziam com que a Austrália conseguisse livrar-se das investidas do rival.

Atrás no marcador, as coisas ficaram ainda mais difíceis para os jogadores da equipe da Oceania. Aos 10 minutos, após revisão do VAR, a árbitra resolveu expulsar o Mlinaric, após forte entrada no adversário.

Minutos mais tarde, aos 17, após marcação de um pênalti a favor da França, o VAR voltou a entrar em ação. Após conferir o lance, a arbitragem acabou dando um toque na mão do jogador francês no início da jogada, anulando a penalidade.

Com vantagem numérica em campo, os franceses, aos 27, finalmente conseguiram ampliar a contagem, outra vez com ele, Mbuku, fazendo 2 a 0.

E o camisa 11 estava inspirado. Aos 36, o jogador conseguiu marcar seu terceiro gol no confronto, praticamente colocando a França nas quartas.

Mas não parou por ai. Aos 41, Millot, de fora da área, bateu com estilo no ângulo, não dando chances ao camisa 1 australiano. 4 a 0.

Quando tudo parecia estar encaminhado para o encerramento com direito a goleada francesa, Rutter chegou a marcar o 5º gol na partida. Porém, a juíza da partida acabou anulando o tento, marcando impedimento do camisa 8, sendo esse o último lance de perigo na partida, finalizando o confronto com uma sonora goleada por parte dos europeus.
























Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também