França estreia nas Eliminatórias da Copa-2022 empatando com a Ucrânia (1-1) em casa

·3 minuto de leitura

A seleção francesa decepcionou em sua estreia nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 ao empatar em 1 a 1 com a Ucrânia, na noite desta quarta-feira, jogando em casa, no Stade de France.

Os 'Bleus' dominaram toda a partida e saíram na frente com um gol de Antoine Griezmann no primeiro tempo (19) mas pagaram caro por um erro defensivo pouco antes do final do jogo, que a Ucrânia aproveitou para empatar, em um gol contra de Presnel Kimpembe (57).

O técnico Didier Deschamps comentou após a partida: "Obviamente, estamos decepcionados porque o ideal seria vencer. Isso prova que a Ucrânia é uma boa seleção. Este é um primeiro passo, temos outros dois passos que não serão simples, não pelos mesmos motivos. Podemos fazer melhor".

"O percurso das eliminatórias é longo e não um longo rio tranquilo. Nunca foi", acrescentou.

Já o técnico da Ucrânia, o ex-astro Andrei Shevchenko, mostrou satisfação com o resultado: "Seguimos o plano. Foi muito difícil porque não tivemos muito tempo para nos preparar, mas tenho de dar os parabéns aos nossos jogadores pela forma como jogaram contra uma equipe tão talentosa como a França".

Diante de um adversário a quem goleou por 7 a 1 na última vez em Paris (outubro passado), a atual campeã mundial não precisou pisar no acelerador para dominar o time visitante no primeiro tempo.

A equipe de Didier Deschamps não fez um jogo brilhante, mas teve três grandes chances antes do intervalo, duas de Olivier Giroud (11 e 32) e outra de Griezmann, que do canto direito da área acertou um belo chute de pé esquerdo superando o goleiro Heorhiy Bushchan (19) e deixando a equipe em vantagem antes do intervalo.

- Griezmann alcança Trezeguet -

Foi o 34º gol do atacante do Barcelona, de 30 anos, que empata assim com David Trezeguet no ranking dos maiores artilheiros da história da seleção bicampeã mundial (1998-2018).

À sua frente, estão apenas Michel Platini (41), Giroud (44) e Thierry Henry, o maior goleador da seleção francesa, com 51 gols.

Mas o jogo mudou no início do segundo tempo. A equipe comandada por Andreiy Shevchenko, que mal tinha levado perigo ao goleiro Hugo Lloris na primeira etapa, aproveitou um erro na saída de bola da seleção local e Sergiy Sydorchuk deu um chute aparentemente sem perigo, mas que acabou no fundo da rede depois de desviar em Presnel Kimpembe (57).

A França continuou tentando até o final, e contou com a entrada em campo de Paul Pogba, Ousmane Dembelé e Anthony Martial, mas o placar não mudou mais e a Ucrânia conquistou um valioso empate em pleno Stade de France contra um dos grandes candidatos ao título na Copa do Catar-2022.

A outra partida da primeira rodada do Grupo B também acabou com um empate (2-2) entre Finlândia e Bósnia-Herzegovina em Helsinki.

A França continua sua campanha nas eliminatórias no dia 28 de março fora de casa contra o Cazaquistão e em 31 de março diante da Bósnia-Herzegovina.

bur-mcd/dr/aam