Com "carro voador", Fraga busca 'hat-trick' no Velo Città por manutenção de sonho do título

FERNANDO SILVA, FELIPE NORONHA

Felipe Fraga tem dado uma arrancada na Stock Car 2019: se até três etapas atrás ele não tinha nem pódios, agora vem de duas vitórias seguidas: (Velopark e Cascavel). Quinto colocado na classificação, o piloto da Cimed espera utilizar o Velo Città para manter a boa fase.

A pista de Mogi Guaçu recebe a antepenúltima etapa da categoria no ano no próximo final de semana, e Fraga detém o recorde de vitórias por lá: triunfou duas vezes, nos últimos dois anos. O 'hat-trick', portanto, seria essencial para a consolidação da sua entrada na briga pelo título.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"A equipe vem crescendo no momento decisivo da temporada e as duas vitórias que conseguimos nas últimas etapas nos trouxeram de volta na briga pelo título", comentou o #88.

"Eu venci no Velo Città nos últimos dois anos, é uma pista que eu gosto bastante, então vamos com tudo para seguir aproximando dos líderes", completou o campeão de 2016.

Felipe Fraga (Foto: Bruno Terena/RF1)

Paddockast #40

QUEM VOCÊ ENTREVISTARIA NO GP DO BRASIL?


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM





Fraga tem 225 pontos, contra 265 tanto de Ricardo Maurício como de Daniel Serra, que dividem a liderança. Entre eles ainda aparecem Thiago Camilo, com 249, e Rubens Barrichello, que tem 241.

Ao GRANDE PRÊMIO, ele foi mais à fundo na questão força da equipe e sua relação com o Velo Città: "No começo do ano, quando a gente correu lá, foi bom de novo (dois quintos lugares). ma performance muito boa. Não sei como va iser agora, mas mesmo quando o carro não estava no mesmo ritmo deh oje, conseguimos ir bem no Velo Città."

"E acho que agora,  com essas duas últimas corridas que a gente teve, com o carro voador, acho que vamos estar de novo na briga. Não sei se para vitória, para pole, mas tomara."

Felipe Fraga festeja a vitória na corrida 1 no Velopark (Foto: Duda Bairros/Stock Car)

Outro ponto abordado por Fraga ao GP é a distância para os líderes, os já citados Serra e Maurício. Como brigar contra a dupla? "Na Stock Car tem que tentar ser muito regular, como eles estão sendo o ano inteiro."

"Em Cascavel eles não tiveram resultados tão bons. Não foi ruim, mesmo assim eles fizeram muitos pontos, mas já não foi aquela coisa de você olhar para a TV e o Serra estar em primeiro sempre, ou o Ricardo Maurício. Então vamos ver. A equipe deles (RC Eurofarma) tem muitos dados, muita experiência para reagir. Tomara que a gente continue à frente deles e continue a tirar mais uns pontinhos para deixá-los pelo menos um pouco preocupados com a gente", concluiu.

A Stock Car volta com o último dos finais de semana 'enxutos' (treinos livres e classificação no mesmo dia) no próximo sábado (9), no Velo Città. O GRANDE PRÊMIO cobre a etapa in loco com os repórteres Felipe Noronha e Pedro Henrique Marum. Acompanhe tudo aqui


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.






Leia também