FPF confirma jogo em Campinas e decisão no estádio de Itaquera

A Federação Paulista de Futebol (FPF) confirmou na manhã desta segunda-feira que a final do Campeonato Paulista entre Corinthians e Ponte Preta terá a sua primeira partida no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, no próximo domingo, 30 de abril, às 16h (de Brasília), enquanto a decisão ficará para o estádio de Itaquera, que estreará em duelos deste tipo, no dia 7 de maio, também às 16h (de Brasília), no centésimo jogo da história da arena.

Será a primeira vez que os dois times, que já decidiram os Paulistas de 1977 e 1979, jogarão ao menos um jogo na cidade do interior. Nas duas ocasiões anteriores, os três jogos decisivos de ambos torneios foram realizados no estádio do Morumbi, com ampla vantagem corintiana (quatro vitórias, um empate e apenas uma derrota, justamente no segundo jogo de 1977, que marcou o recorde de público do estádio são-paulino: 146.072 pessoas).

Havia uma pequena possibilidade de ambos discutirem a realização de dois jogos na capital, uma vez que o mando pertence à FPF, mas a Ponte nem cogitou aceitar a ideia. Forte dentro de casa, local onde construiu as vantagens diante do Santos, nas quartas de final, e do Palmeiras, na semifinal, a Macaca não abriu mão de receber o embate. O mesmo aconteceu em 2008, quando os campineiros acabaram derrotados pelo Verdão tanto no Moisés (1 a 0) quanto no Palestra Itália (5 a 0).

O Corinthians tem a vantagem de decidir em casa devido à melhor campanha nas fases anteriores do Paulista. Com 32 pontos somados entre o turno de classificação, as quartas e a semifinal, o Alvinegro superou em quatro a Macaca. O clube do Parque São Jorge só fez uma campanha pior do que a do Palmeiras, eliminado no último sábado, que fechou sua participação com 34 pontos.

Eliminados da Copa do Brasil, os dois times terão a semana cheia para treinar visando ao duelo, bastante exaltado devido ao aniversário de 40 anos da decisão de 1977. Naquela ocasião, foi quebrado o tabu de mais de 22 anos sem título do Timão, iniciando a série de 12 títulos do Corinthians no Estadual desde então. A Ponte, por sua vez, busca sua primeira conquista de taças de maior expressão em seus 116 anos de história.