Fortaleza e Ceará põem aproveitamentos iguais à prova

Folhapress

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com aproveitamentos idênticos no Campeonato Brasileiro, Fortaleza e Ceará chegam ao clássico deste domingo (10) com a mesma missão: afastar-se de vez da zona de rebaixamento.

Os times se enfrentam pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, a partir das 19h, no Castelão.

Com 36 pontos, os rivais acumulam 10 vitórias, 6 empates e 15 derrotas. O Ceará leva vantagem no saldo de gols (1 a -6), e por isso ocupa a 13ª colocação, deixando o clube tricolor em 14º. O Botafogo, que encabeça a zona de rebaixamento, tem 33 pontos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O Fortaleza, que tem o mando de campo, não terá o meia Marlon, que está suspenso após receber o terceiro cartão amarelo na derrota para o Corinthians na última quarta (6).

Em entrevista na sexta (8), o atacante Romarinho destacou a importância de se conseguir o quanto antes a pontuação considerada necessária para se manter na Série A. "A gente tem que pontuar porque vai nos dar confiança para o decorrer do campeonato", afirmou.

No Ceará, o técnico Adílson Batista não poderá contar com Pedro Ken e Bergson, que cumprem suspensão por acúmulo de cartões amarelos.

Como o mando de campo é do Fortaleza, a torcida tricolor terá direito a 70% do estádio. Adílson, no entanto, minimizou o fato de ter uma torcida numericamente inferior no clássico. "Vamos ter um número menor, mas de torcedores apaixonados, vibrantes e que vão incentivar", afirmou.

No primeiro turno, o Ceará, que teve mando de campo, levou a melhor contra o rival, vencendo por 2 a 1.

Na temporada, eles ainda se enfrentaram outras quatro vezes, com duas vitórias do Fortaleza nas finais do Campeonato Cearense, além de dois empates, nas fases de grupos do estadual e da Copa do Nordeste, na qual a equipe tricolor também se sagrou campeã.

FORTALEZA

Felipe Alves; Gabriel Dias, Jackson, Quintero e Carlinhos; Felipe e Juninho; Romarinho; André Luís, Osvaldo e Wellington Paulista. T.: Rogério Ceni

CEARÁ

Diogo Silva, Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Ricardinho, Fabinho, William Oliveira e Felipe Baxola; Mateus Gonçalves e Thiago Galhardo. T.: Adílson Batista

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza

Horário: 19h deste domingo

Juiz: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Leia também