Fora de casa, Londrina vence o Náutico pelo Brasileiro da Série B

·3 minuto de leitura


Em pleno estádio dos Aflitos, em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Londrina venceu o Náutico pelo placar de 2 a 1. Luiz Henrique foi o nome da partida ao marcar um gol em cada tempo, sendo que o segundo foi em rebote após cobrança de pênalti. O gol do Timbu foi assinalado por Jean Carlos. Com o resultado, o Náutico permanece com 35 pontos e em 8º lugar na classificação. Já o Londrina continua no Z-4, mas agora está na 17ª colocação, com 24 pontos.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

CALENDÁRIO
Na próxima rodada, o Náutico enfrenta a equipe do Remo, no estádio Baenão, às 19h, dia 24 de setembro. No dia 25 de setembro, às 16h, o Londrina recebe o time do Vitória, jogo que será realizado no estádio do Café.

A partida

SUBSTITUIÇÕES CHAMAM ATENÇÃO NO COMEÇO DO JOGO
Apesar do Londrina ter criado uma boa oportunidade logo no começo da partida, o que chamou mesmo atenção foi o fato de cada treinador ser obrigado a fazer uma substituição por contusão. O técnico do Náutico tirou Bryan e colocou Hereda, aos 6 minutos. No Londrina, Pedro Cacho deu lugar a Danilo.

Após as alterações, o Náutico até teve uma boa chance em chute de longe, mas quem começou a tomar conta do jogo foi o Londrina. O Tubarão teve duas oportunidades para abrir o placar, mas não conseguiu colocar a bola para dentro.

LONDRINA ABRE O PLACAR
A pressão do Londrina deu resultado e, aos 19 minutos, o gol saiu. Júnior Pirambu serviu Luiz Henrique na entrada da área. Na saída do goleiro, o atacante do Tubarão bateu e abriu o marcador: 1 a 0.

LONDRINA CONTINUA MELHOR E PERDE CHANCES DE AMPLIAR
O time paranaense continuou “senhor” da partida e criou boas oportunidades para aumentar a vantagem. Mas o ataque do Tubarão acabou falhando na hora de colocar a bola para dentro e não conseguiu ampliar.

NÁUTICO PERDE BOA CHANCE ANTES DO INTERVALO
Mesmo inferior em praticamente toda a etapa inicial, o time do Náutico conseguiu criar boa oportunidade no fim do primeiro tempo. Camutanga aproveitou bola alçada na área e cabeceou, mas ela passou rente a trave e não entrou.

SEGUNDO TEMPO

COMEÇO DA ETAPA COMPLEMENTAR: PÊNALTI E OUTRO GOL DO LONDRINA
A partida mal tinha recomeçado e o Londrina já conseguiu uma penalidade máxima. Júnior Pirambu efetuou a cobrança, Alex Alves defendeu a cobrança, mas deu rebote. Luiz Henrique foi oportunista e aproveitou para fazer: 2 a 0.

NÁUTICO ACHA O GOL E CONSEGUE DESCONTAR
O segundo gol não diminuiu o ímpeto do Londrina. A equipe paranaense teve a chance para fazer o terceiro, aos 11, mas Alex Alves fez boa defesa e conseguiu evitar que o prejuízo do Náutico fosse maior.

O Timbu se animou com a defesa do seu goleiro, foi para cima do Tubarão e conseguiu descontar. Jean Carlos recebeu passe dentro da área, bate firme, a bola desviou e entrou no canto do goleiro Dalton, do Londrina: 1 a 2, aos 17.

NÁUTICO TENTA O EMPATE, MAS LONDRINA SEGURA O RESULTADO E VENCE O JOGO
Após o gol, o Náutico foi com tudo para cima atrás do gol do empate. Mas não era noite do Timbu. O Tubarão, mesmo fora de casa, suportou bem a pressão e conseguiu evitar que os donos da casa chegassem ao empate.

No finzinho da partida, o jogo ficou aberto e cada time teve uma boa oportunidade para ampliar o placar. Mas Caprini (Londrina) e Junior Tavares não conseguiram finalizar com a qualidade necessária para balançar as redes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos