Com força máxima, Palmeiras abre semifinal do Paulista contra a Ponte

Ponte Preta e Palmeiras iniciam a disputa da semifinal do Campeonato Paulista neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Após a dramática vitória sobre o Peñarol-URU, na Libertadores, o Verdão espera um bom resultado também no Estadual.

O técnico Eduardo Baptista preferiu não confirmar o time que entra em campo, mas garantiu que usará força máxima no interior, mesmo com o grande desgaste no meio de semana. Sendo assim, é provável que a escalação seja parecida com a utilizada no Palestra Itália, na última quarta-feira.

A dúvida fica por conta da presença do lateral direito Jean. Fora por conta de lesão no pé nos últimos jogos, ele está recuperado, já vem treinando com o restante do elenco e deve ser, ao menos, relacionado para encarar a Macaca. Se Eduardo optar por colocá-lo como titular, Fabiano deve deixar a equipe.

O restante do time deve ser parecido com aquele utilizado diante dos uruguaios. O atacante Róger Guedes, que foi poupado na Libertadores, e não atua desde a partida de ida contra o Novorizontino, quando foi expulso, luta por uma vaga.

“Não tem jogo fácil. Se eles estão na semifinal, é por méritos deles também. Eles eliminaram uma grande equipe como o Santos, não tem jogo fácil. Respeitaremos a equipe deles, mas sabemos do nosso potencial também e temos de nos impor dentro campo, marcando forte e jogando da nossa forma”, apontou o lateral Fabiano.

O retrospecto recente diante da Ponte Preta preocupa o torcedor palmeirense. No Paulista deste ano, justamente no Moisés Lucarelli, os alvinegros ganharam por 1 a 0. Voltando para 2016, a Macaca levou a melhor, jogando em casa, no Campeonato Brasileiro: 2 a 1.

Pelo lado dos comandados de Gilson Kleina, o clima é de confiança após eliminar o Santos, nos pênaltis. Os campineiros confiam em um bom resultado jogando em casa, para saírem em vantagem na semifinal.

“O jogo desse domingo é tão importante quanto o segundo. A decisão é feita nos dois jogos e a soma das duas partidas é o que vai nos credenciar para uma possível final. Temos que tratar o primeiro jogo, com uma importância maior, porque é o próximo”, ressaltou o volante Jadson.

Em relação ao time que pretende escalar, o técnico Gilson Kleina ainda espera poder contar com o lateral direito Nino Paraíba e o meia Renato Cajá. Com problemas físicos, os dois fazem tratamento intensivo para poderem entrar em campo no domingo.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA x PALMEIRAS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Data: 16 de abril de 2017, domingo

Horário: 16 horas (Brasília)

Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza

Assistentes: Tatiane Sacilotti Camargo e Daniel Paulo Ziolli

PONTE PRETA: Aranha, Jeferson (Nino Paraíba), Marllon, Yago e Reynaldo; Fernando Bob, Elton e Jádson (Renato Cajá); Lucca, Clayson e Pottker.

Técnico: Gilson Kleina

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean (Fabiano), Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo; Tchê Tchê, Guerra, Dudu e Willian; Borja

Técnico: Eduardo Baptista