'Fomos mais agressivos sem bola no segundo tempo', explica Guardiola

·1 minuto de leitura
Os técnicos Mauricio Pochettino (E), do PSG, e Pep Guardiola, do Manchester City, na partida entre as duas equipes pela Liga dos Campeões

O técnico do Manchester City, o espanhol Pep Guardiola, avaliou que sua equipe foi "mais agressiva sem a bola no segundo tempo", o que lhe permitiu virar o placar e vencer o Paris Saint-Germain por 2 a 1, no jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões.

"Na primeira parte não jogamos da forma que devíamos nesta competição. Sempre que perdíamos a bola, Mbappé, Neymar e Di María criavam perigo", disse Guardiola à emissora RMC Sport no final do duelo disputado no estádio Parque dos Príncipes, em Paris.

“No segundo tempo fomos mais agressivos sem bola, mais intensos, e foi assim que conseguimos ter a bola e marcamos os gols necessários para voltar para Manchester com um bom resultado”, acrescentou.

"Não mudamos muito (no intervalo), disse aos jogadores para jogarem o seu futebol. Se você perde, você perde, mas perca sendo você mesmo", afirmou.

Questionado sobre o encontro de volta, o treinador do time inglês destacou que sua equipe deve "jogar com a mesma personalidade" se quiser chegar à final.

jed/iga/pm/lca