Follmann brinca após treino e diz que teve cãibra em perna amputada

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em recuperação após o acidente aéreo da Chapecoense, que deixou 71 pessoas mortas, Jackson Follmann participou do treino do time na quarta-feira (15) antes de partida contra o Lanús pela Libertadores.

Enquanto os companheiros treinavam com bola, o goleiro que sobreviveu à tragédia, correu em volta do campo. Ele teve a perna direita amputada e usa uma prótese. Após o treino, brincou com a situação.

"Trabalho hoje rendeu tanto que me deu até câimbra na perna direita @alanruschel me salvou pois viu logo e já me alongou", escreveu em seu perfil no Instagram.

Alan Ruschel, citado por Folamann, também foi um dos sobreviventes ao lado do zagueiro Neto, que também já treina com o elenco.

A Chapecoense lidera o Grupo 7 da Libertadores com três pontos e pode se isolar na ponta caso vença o Lanús. O confronto desta quinta, às 19h30, será o primeiro do clube em casa na competição.