Foi com impedimento, mas C. Ronaldo mostrou para Lewandowski quem é decisivo

Apesar do erro da arbitragem, português merece todos méritos por ter feito cinco gols contra o Bayern

Antes de começar os jogos entre Bayern de Munique e Real Madrid, pelas quartas de final da Liga dos Campeões 2016/2017, havia expectativa para um grande duelo no ataque: Cristiano Ronaldo e Robert Lewandowski iam se enfrentar como maiores astros e artilheiros das suas equipes. Mas quando a bola rolou, nem houve espaço para comparação: o português superou o polonês e fez história, pois marcou cinco gols contra o Bayern nos dois jogos e atingiu a marca de 100 gols pela Liga dos Campeões. Já Lewandowski só fez um gol de pênalti e ainda foi substituído na segunda partida.

É verdade que houve erros de arbitragem: Cristiano Ronaldo estava claramente impedido no gol mais importante, o segundo do Real Madrid nesta terça-feira (18). Também estava em posição duvidosa no terceiro. Antes disso, a expulsão de Arturo Vidal, do Bayern, também gerou controvérsia. Mas nada disso pode tirar os méritos do português. 

Antes do jogo contra o Bayern, Cristiano estava em baixa. Vivia seu maior jejum de gols na Liga dos Campeões, pois não marcava há 659 minutos. Porém, mesmo em Munique, ele começou a reverter essa má fase: no 2º tempo, ele finalizou duas bolas dentro da área e decretou a vitória de virada do Real, por 2 a 1.

Nesta terça, o Real estava em dificuldades, pois novamente o Bayern saiu na frente no placar. Até que, aos 31min do 2º tempo, começou a saga de Cristiano Ronaldo: primeiro ele fez de cabeça, depois marcou o gol impedido e por fim aproveitou uma ótima jogada de Marcelo para balançar a rede facilmente.

Gols à parte, Cristiano Ronaldo também mostrou superioridade contra Lewandowski nos números, principalmente no jogo desta terça. O português deu mais toques na bola (47 a 32), ganhou mais duelos (37,5% a 20%), acertou mais chutes a gol (5 contra 1) e teve melhor aproveitamento nos passes (91% a 73%).

Veja os números dos dois no jogo desta terça-feira:

 

Agora um dos objetivos de Cristiano Ronaldo será alcançar a artilharia da Liga dos Campeões. Ele já igualou o número de gols de Lewandowski na competição deste ano, 7 ao todo. O líder é Lionel Messi, com 11, que corre grande risco de ser eliminado nesta quarta-feira (18). Edinson Cavani tem 8, mas o PSG já saiu da competição. Pierre-Emerick Aubameyang tem 7 e jogará contra o Monaco nesta quarta.