Fluminense visita Goiás buscando sair em vantagem na Copa do Brasil

O Fluminense visita o Goiás nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela partida de ida da quarta fase da Copa do Brasil. Com a possibilidade de decidir em casa, os cariocas esperam um bom resultado fora para encaminhar a vaga.

Abel Braga, técnico do Flu, conversou com os jogadores para encararem a partida como uma verdadeira decisão. Eles entenderam o recado do comandante e estão focados no adversário, que vem sendo estudado pelo Tricolor nos últimos dias.

“O Goiás montou um time eficiente, que merece o nosso respeito. Vem avançando no Campeonato Goiano e na Copa do Brasil. Temos que ter muito cuidado, o futebol está muito nivelado. O adversário planeja a classificação e já percebemos ao longo deste torneio que não existe partida fácil. Mesmo quando ganhamos, nós sofremos em algum momento”, disse o atacante Henrique Dourado.

O Fluminense, de fato, não teve vida tranquila nesta Copa do Brasil. Após golear o Globo por 5 a 2, no Rio Grande do Norte, na estreia, o time penou para fazer 3 a 1, de virada, no Sinop, no Mato Grosso.

Depois, diante do Criciúma, o triunfo por 3 a 2 em casa garantiu a vaga após empate por 1 a 1 em Santa Catarina. Com o gol fora de casa valendo, os tricolores pretendem uma postura ofensiva no Centro-Oeste do País.

“A Copa do Brasil é uma competição diferente, leva em consideração o gol como visitante, assim como acontece na Sul-Americana. Tenho convicção de que vamos conseguir dar um passo grande se marcarmos gols. Logicamente que a tarefa não é tranquila, vamos conciliar pressão com um sistema sólido, que não dê espaço para os contra-ataques”, analisou o zagueiro Henrique.

Para o jogo, o Flu poderá contar com o retorno do lateral-direito Lucas, que vinha sendo preservado por conta de desgaste muscular. Assim, Renato fica como opção no banco de reservas. No meio-campo, o jovem Wendel vem rendendo bem e já ameaça a titularidade do equatoriano Jefferson Orejuela.

Se pretende ser ofensivo, o Fluminense vai ver um jogo aberto, já que os goianos prometem entrar com muita vontade jogando em casa. “O Goiás tem orçamento de time que vai disputar a Série B do Campeonato Brasileiro, ao contrário do Fluminense. Sabemos que isso faz diferença, mas o nosso time tem muita personalidade e sabe que as coisas podem ser niveladas se a vontade falar mais alto”, disse Silvio Criciúma, treinador do Esmeraldino.

O meia Tiago Luís, recuperado de lesão na coxa direita, e o artilheiro Léo Gamalho, livre de fratura no pé direito, são as principais novidades de uma escalação que vem sendo mantida em segredo pelo Goiás. Porém, é certo que o esquema vai privilegiar a ofensividade.

Nesta Copa do Brasil, o Goiás estreou batendo a Itabaiana por 4 a 2, em Sergipe. Depois, penou para eliminar o Boa Esporte, de Minas Gerais, nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal. Já na terceira etapa uma goleada de 4 a 0 sobre o Cuiabá na ida permitiu ao time administrar na volta, empatando por 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS X FLUMINENSE

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 13 de abril de 2017 (Quinta-feira)

Horário: 21h30(de Brasília)

Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

GOIÁS: Marcelo Rangel, Hélder, David Duarte, Everton Sena e Jefferson; Pedro Bambu, Patrick, Tiago Luís e Thalles; Aylon e Léo Gamalho

Técnico: Sílvio Criciúma

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Jefferson Orejuela, Douglas (Wendel) e Junior Sornoza; Wellington Silva, Richarlison e Henrique Dourado

Técnico: Abel Braga