Fluminense vence o Resende na estreia pelo Campeonato Carioca

Fluminense estreia com vitória no Campeonato Carioca 2023 (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC)


Debaixo de um sol forte, o Fluminense estreou com pé direito no Campeonato Carioca e venceu o Resende por 2 a 0, no Raulino de Oliveira. No lance do primeiro gol, Germán Cano cabeceou, mas a bola desviou em Joanderson, que fez contra. No fim, Alan ampliou o placar, de pênalti, e sacramentou o triunfo tricolor. O clube conseguiu quebrar um jejum de dois anos sem vencer na estreia do Estadual.

+ Confira as novidades do mercado da bola


No próximo compromisso, o Tricolor entrará em campo na terça-feira, dia 17, às 21h10, conta o Nova Iguaçu, no Maracanã. O Resende joga no dia seguinte contra o Bangu, às 15h30, em Moça Bonita, pela segunda rodada do Estadual.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Carioca

OLHO NO LANCE

Sob forte calor em Volta Redonda, as equipes começaram o duelo de forma intensa, com muita correria e marcação. O Resende tentou forçar o erro na saída de bola do Fluminense, que seguia no estilo Diniz com toques curtos. O Gigante do Vale chegou no lado esquerdo com Vinícius Balotelli, que levantou a cabeça e tentou o cruzamento. Na área, Nino se antecipou e afastou o perigo.

Logo na sequência, o Tricolor quase marcou o primeiro. Samuel Xavier recebeu um lindo lançamento e ficou sozinho na frente do goleiro. O lateral poderia ter rolado no meio para Cano, mas optou por finalizar, e Jefferson fechou o ângulo e evitou o gol.

FARO DE GOL

Com a bola no pé, o Fluminense tocou a bola com categoria, e Calegari virou o jogo para Jhon Arias. O colombiano teve liberdade para avançar e cruzar, na medida, para Cano. O camisa 14 cabeceou e a bola chegou a tocar em Joanderson e enganar o arqueiro do Resende. A arbitragem decidiu que o gol foi contra. No minuto seguinte, o árbitro fez uma pausa em virtude da parada técnica na tarde de muito calor no Rio de Janeiro.

FALTOU PONTARIA
Jhon Arias voltou a ter liberdade para flutuar no sistema ofensivo e tocou para Ganso fazer um lindo corta-luz. Cano tenta o domínio, mas a bola sobra para Martinelli, que cruzou para trás para o argentino. O atacante tentou finalizar de primeira, mas pegou mal e mandou por cima do gol de Jefferson.

FICOU NO QUASE
O Resende tentou avançar pela esquerda com Kevyn Lucas, que foi até a linha de fundo e cruzou para Vinícius Balotelli. O jogador tentou um voleio, mas errou a bola, que sobrou para Fábio. No fim do primeiro tempo, Yago Felipe recebeu na área, mas finalizou em cima do arqueiro do Gigante do Vale.

PAREDÃO TRICOLOR

Na volta do intervalo, o Fluminense optou a bola longa para apostas na velocidade. Com isso, Fernando Diniz fez uma mudança. Lima entrou no lugar de Paulo Henrique Ganso, que sentiu dores nas costas. Mas foi o Resende que quase estufou a rede depois do erro de passe de Nino. Zizu avançou, entrou na área e chutou, mas Fábio fez uma grande defesa e evitou o empate. O treinador tricolor também colocou em campo Keno, que fez sua estreia pelo clube carioca.

ESTREMECEU A TRAVE
Depois de uma falta no lado esquerdo, Jhon Arias foi para a cobrança e por pouco não ampliou o placar. O colombiano fez uma linda cobrança, encobriu o goleiro e acertou a parte interna da trave. No fim, o Resende foi em busca do empate e por pouco não levou perigo. Manoel saiu jogando errado, e Wallace chegou à linha de fundo para cruzar. Na área, Felipe Melo se antecipou e afastou para escanteio.

ALAN AMPLIA
Com alguns minutos em campo, Keno mostrou qualidade e deixou Alan sozinho para finalizar. O atacante foi derrubado pelo goleiro Jefferson. Na cobrança, o camisa 18 bate, com categoria, e teve apenas o trabalho de deslocar o arqueiro e ampliar o placar.

FICHA TÉCNICA

Resende 0x2 Fluminense
Campeonato Carioca 2023 - Taça Guanabara
Primeira rodada

Data e horário: 14/01/2023, às 16h (de Brasília)
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Yuri Elino Ferreira da Cruz
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Raphael Carlos Tavares
Cartões Amarelos: Bartell, Kevyn Lucas e Sandro Sargentim (RES) / Fernando Diniz (FLU)
Cartões Vermelhos:

Gols: Joanderson (contra) (19'/1) (0-1) / Alan (42'/2T) (0-2)

RESENDE (Técnico: Sandro Sargentim)

Jefferson; Bartell, Joanderson, Rayne e Kevyn Lucas; Paulo Victor (Khevin Fraga - intervalo) Dener (Wallace 32'/2T), Gigio; Igor Bolt, Vinícius Ballotelli (Zizu - intervalo) e Léo Itaperuna (Bismarck 14'/2T).

FLUMINENSE (Técnico: Fernando Diniz)

Fábio; Samuel Xavier, Nino, Manoel e Calegari; André, Yago Felipe (Keno 18'/2T), Martinelli (Felipe Melo 31'/2T) e Ganso (Lima - intervalo); Arias (Marrony 37'/2T) e Cano (Alan 36'/2T).