Fluminense vai atrás de Michel Araujo, que diz: 'Chance incrível'

David Nascimento
LANCE!
Michel Araújo é meia e pode jogar pelos lados ou centralizado (Foto: Reprodução/Instagram)
Michel Araújo é meia e pode jogar pelos lados ou centralizado (Foto: Reprodução/Instagram)


O Fluminense segue trabalhando antes do início dos jogos neste ano para reforçar a equipe do técnico Odair Hellmann. E o nome da vez é do atacante Michel Araujo, do Racing, do Uruguai, com quem tem contrato até 2021, renovado em setembro de 2018. A negociação foi noticiada inicialmente pela “Rádio Sport 890” e confirmada pelo LANCE!.

Michel Araujo tem 23 anos e é natural do Uruguai. O L! apurou que o Fluminense fez no início da semana uma proposta formal pelo jogador, e aguarda uma definição de seus representantes com a diretoria do Racing. Há outros interessados no atacante, mas a oferta brasileira vem sendo considerada a melhor entre os envolvidos.

A reportagem também conversou com Michel Araujo, ontem à noite. Ele confirmou que já recebeu a proposta do Fluminense e que a negociação está em andamento. O atacante destacou ainda a felicidade pela oportunidade de chegar ao Tricolor, tendo a confiança de desempenhar bem o seu futebol.

– Sim, o Fluminense enviou uma proposta por mim, há agora uma negociação com o Racing e com meus empresários. Vejo como uma oportunidade incrível poder chegar ao Fluminense, tenho muita confiança de poder fazer bem o meu papel – destacou o jogador em entrevista exclusiva ao LANCE!.

Pessoas dentro da negociação ouvidas pelo LANCE! afirmaram que a expectativa é que uma definição sobre o futuro de Michel Araujo saia até o fim desta semana. Isto por conta do próprio jogador ter o desejo de decidir logo onde jogará neste ano para se entrosar logo.

Até agora, seis reforços foram confirmados pelo Fluminense para reforçar a temporada. O clube já fechou com os atacantes Caio Paulista e Felippe Cardoso, os meias Yago Felipe, Hudson e Henrique e com o lateral-esquerdo Egídio. O nome de Emerson Santos, do Palmeiras chegou a ser sondado, como plano B para o caso de não haver acerto com Digão, mas, por enquanto, as negociações não avançaram entre os envolvidos.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também